Dicas para conter a inadimplência no Natal

0
9


Familiares, amigos e colegas, etc, é no final do ano que todos são lembrados e presenteados. Por isso, a época do Natal é, tradicionalmente, a que gera o maior volume de vendas no comércio. É nesse momento, quando o movimento de consumidores tem um aumento significativo, que os lojistas precisam estar mais atentos a alguns cuidados que podem resultar em transações com cheques mais seguras.

“Esta é uma época do ano em que os fraudadores se aproveitam do grande movimento nas lojas para aplicar golpes. O lojista deve estar atento quanto a solicitação e conferência de documentos, evitando assim perdas com cheques fraudados, já que, em sua grande maioria, estes são acompanhados de documentos irregulares. Realmente vale a pena solicitar identificação e o cartão bancário do consumidor”, analisa José Antônio Praxedes Neto, vice-presidente da Telecheque.

Para auxiliar os lojistas, a Telecheque, empresa de concessão de crédito no varejo, relacionou “10 dicas” de como se precaver contra a inadimplência nesse final de ano:

1. Prefira o parcelamento com entrada ao invés do cheque único;

2. Não aceitar cheques de terceiros e previamente assinados;

3. Nunca trocar cheque por dinheiro;

4. Conferir os valores por extenso e numérico e ver se foram corretamente preenchidos;

5. Solicitar um número de telefone, de preferência fixo, para referência;

6. Comparar o número do cheque impresso com o que aparece registrado em caracteres magnéticos na parte inferior da folha. Isto evita recebimento de cheque fraudado;

7. Solicitar sempre a identidade do emitente e verificar se a foto não está recortada ou sobreposta e se a impressão digital não apresenta borrões;

8. Observar se o emitente anota o valor e a data do cheque no canhoto do talão. Caso ele não faça isso é aconselhável redobrar os cuidados;

9. Consultar sempre um sistema de Informações de Crédito e/ou Garantia de Cheques, para maior segurança;

10. Nunca esperar o consumidor deixar o estabelecimento para depois consultar o cheque.