DixAmico investe em SMS para agilizar atendimento

0
11


Visando atingir a excelência nos setores de atendimento, coleta de exames e entrega de resultados, a DixAmico está utilizando a tecnologia como forma de melhor atender o cliente. Quatro unidades diagnósticas da Rede Foccus – Vila Mariana, Tatuapé, Santana e Santo André – em São Paulo, já estão com uma ferramenta que reduz o tempo de espera dos pacientes. A grande novidade é o uso de mensagens SMS (torpedo pelo celular) para os responsáveis por cada área de atendimento. A meta é atender em até 30 minutos pelo menos 80% dos pacientes do setor de coleta de exames, evitando filas e agilizando o atendimento.

De acordo com o gerente do projeto, Marcos Zaidan, o tempo passa a ser cronometrado a partir do momento em que o cliente chega ao setor, recebendo uma senha. Ele explica ainda que o mesmo acontece no momento em que o cliente chega à unidade para retirar o resultado do exame. O prazo para o cliente esperar neste setor é de no máximo cinco minutos. “Se o cliente esperar um tempo maior do que o preconizado em cada fase do atendimento, automaticamente o sistema envia uma mensagem SMS para o responsável pelo setor, que terá que corrigir o problema imediatamente. A meta é que todas as unidades da Rede Foccus estejam com esta ferramenta até o fim de 2007”, afirma Zaidan.

O SMS também está sendo utilizado pela DixAmico para a confirmação de consultas da Rede Foccus na unidade Tatuapé em São Paulo e no Centro Médico Caxias, no Rio de Janeiro, como para exames de Tomografia Computadorizada e Ressonância Magnética . O serviço visa reduzir em até 30% nível de absenteísmo e em 10% as chamadas adicionais para a confirmação das consultas e exames. “Qualquer cliente que entrar em contato com o callcenter no Rio de Janeiro ou com a Central de Relacionamento da Rede Foccus, em São Paulo, para marcar consultas ou exames, informa o número de seu telefone. Quarenta e oito horas antes da data marcada, o cliente receberá uma mensagem SMS, através de seu celular, confirmando a consulta e/ou exame gratuitamente”, afirma Zaidan.