Dynamic rumo à intercionalização

0
18


A retração do mercado nacional, ocasionada sobretudo pelos recentes acontecimentos políticos, tem feito com que as empresas reavaliem metas, planos e futuros investimentos. Porém, a Dynamic Tecnologia, empresa nacional de consultoria em tecnologia da informação (TI), está se mantendo avessa a esse cenário, investindo no crescimento e na reestruturação interna da companhia. O objetivo é expandir a participação no País e iniciar, em curto prazo, a atuação no mercado internacional por meio, sobretudo, da exportação de software.

Para atingir essa meta, diferentes iniciativas vêm sendo realizadas, como a ampliação da estrutura física da empresa. “Após completarmos, neste primeiro semestre, 15 anos de presença no País, alugamos novos conjuntos comerciais, reformamos os já existentes e estamos desenvolvendo um novo centro de treinamento que ficará disponível também a nossos clientes”, explica Elcio Ikuta, diretor geral da Dynamic Tecnologia, ressaltando que o principal investimento está concentrado na qualificação técnica dos profissionais. “De nada adianta termos um ambiente agradável, espaçoso e tecnologicamente preparado, se não tivermos uma equipe apta a utilizá-lo”.

Por essa razão, a empresa acaba de entrar no Programa Cooperativo CMMI – Capability Maturity Model Integration – do ITS (Instituto de Tecnologia de Software), que avalia a maturidade dos processos de uma companhia. A Dynamic busca inicialmente a certificação no nível 2 do CMMI para comprovar a competência técnica, operacional e gerencial tanto relacionada aos procedimentos internos, quanto aos externos que envolvem, principalmente, o relacionamento com clientes e parceiros. Essa certificação possibilitará à empresa iniciar atuação no mercado internacional.

Paralelamente, outra razão que levou a empresa a investir em um projeto de certificação CMMI é o diferencial que ela proporciona. Para a Dynamic, considerada uma companhia de pequeno porte quando comparada às demais que já obtiveram ou estão em processo de obter o nível 2, ter essa certificação permitirá participar em processos de seleção de novos projetos de maneira igual ao dos concorrentes, possibilitando, conseqüentemente, a entrada em novos mercados e outros clientes.