O canal para quem respira cliente.

EDS recebe CMMI nível 5

Share on facebook
Share on whatsapp
Share on twitter
Share on linkedin

A EDS, especializada em terceirização de serviços de tecnologia da informação, recebeu a certificação CMMI de nível 5 em sua fábrica de software, localizada no Rio de Janeiro. O processo de preparação teve início há três meses, envolvendo cerca de 40 pessoas da empresa e foi concluído em duas semanas, mediante a avaliação do ABS Group, Inc, empresa autorizada pelo Software Engeneering Institute (SEI).
Criada pelo Departamento de Defesa Americano em 1984, essa certificação, inicialmente conhecida como CMM (Capability Maturity Model), provê uma estrutura básica para avaliar os prestadores de serviços de TI, analisando a maturidade dos processos de uma organização, identificando problemas e sugerindo ações para melhoria dos processos de engenharia de software. O CMMI (Capability Maturity Model Integration) é a versão mais nova e permite a integração das várias facções do CMM, cuja utilização estava se proliferando em outras áreas das organizações.
O CMMI possibilitou uma redução significativa de defeitos nos serviços gerados pela EDS e maior qualificação do pessoal no atendimento ao cliente, além da customização dos processos de acordo com as necessidades. Segundo Márcio Silveira, gerente regional de tecnologia da EDS para a América Latina, “este é o nível máximo do modelo CMMI e se caracteriza pela melhoria contínua de processos de desenvolvimento e engenharia de software, que irão permitir à empresa a oferta de maior qualidade, precisão de resultados e aumento de produtividade”.
A fábrica de software do Rio de Janeiro já possuía a certificação CMM de nível 4 há um ano e atua essencialmente na exportação de serviços de software, hoje voltados para os mercados americano e canadense. “Os trabalhos nessa área foram iniciados em 1997 com a adoção de um plano estratégico de melhoria de processos e a implantação do primeiro banco de qualidade, que resultou na certificação ISO 9001”, comenta Silveira.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Rolar para cima