EDS vende subsidiária de PLM

0
1

A EDS anuncia acordo para a venda da UGS PLM Solutions, subsidiária especializada em software e serviços para gerenciamento de dados do produto (PDM), colaboração e projeto, para um grupo de três empresas de investimento privado: Bain Capital, Silver Lake Partners and Warburg Pincus. A transação, no valor de US$ 2,05 bilhões, onde as empresas possuem partes iguais, deverá ser concluída em 90 dias, em sintonia com os procedimentos legais. A decisão de vender a UGS PLM Solutions via um IPO (venda de ações na bolsa) ou para um investidor privado foi anunciada em outubro de 2003.
A transação ocorreu após a EDS concluir uma avaliação detalhada de seu portfólio em função do planejamento estratégico, voltado para aproveitar oportunidades de crescimento em TI (IT – Information Technology) e terceirização dos processos de negócios (BPO – Business Process Outsourcing). Segundo Mike Jordan, presidente e CEO da empresa, “a idéia é concentrar esforços nas operações de outsourcing de tecnologia da informação, nos processos de negócios e também nos resultados contábeis. Essa transação atende a ambas prioridades e melhora ainda mais nossa competitividade”. Com isso espera estar mais próxima do objetivo de débito líquido zero, anunciado para o fim de 2004.
A UGS PLM Solutions atende cerca de 42.000 clientes em todo o mundo e oferece tecnologia e serviços integrados que suportam todo o ciclo de vida do produto, do conceito e engenharia até a distribuição e entrega. Em 2003, faturou US$ 897 milhões, com renda líquida de US$ 104 milhões e obteve, no segundo semestre, um crescimento de 14% (8% em moeda atual). Para Roberto A. Trinconi, presidente da UGS PLM Solutions para a América Latina, “trata-se de um marco sem precedentes, o que ratifica, de maneira inequívoca, a nossa posição como líder no segmento, enfatizando ainda mais nossos esforços em pesquisa e desenvolvimento em busca do estado da arte na tecnologia e a satisfação do cliente”.
“Este acordo valida a estratégia e liderança da UGS PLM Solutions, ao mesmo tempo em que prepara a empresa para um crescimento contínuo”, disse Tony Affuso, presidente e CEO da empresa. “Estamos orgulhosos de nos associarmos com investidores de significativa experiência em software e uma abordagem de valorização por meio de um crescimento de longo prazo”, destacou Affuso.
“Quando a negociação estiver completa, a UGS PLM Solutions poderá atuar como uma empresa de software independente. Nós pretendemos trabalhar com nossos novos parceiros de investimento para construir nosso momento no mercado de PLM”, afirmou o presidente. De acordo com o CIMdata, o mercado global de software e os serviços de PLM apresentarão uma taxa de crescimento anual de 8% até 2008, representando mais de US$ 14,5 bilhões. Nesse período, estima-se que o segmento de gerenciamento e colaboração de dados do produto, onde a UGS PLM Solutions lidera com as soluções de Teamcenter, cresça 17%, totalizando quase US$ 5 bilhões anuais.