Empresários debatem responsabilidade social nas empresas

0
1

O Instituto ADVB de Responsabilidade Social – IRES e a Folha de São Paulo promoverão uma série de debates incentivando maior participação das empresas na resolução dos problemas sociais do Brasil. Trata-se do Projeto Diálogos Sociais, que envolverá sete encontros.

O primeiro debate aconteceu dia 27/11, no auditório da Federação do Comércio do Estado de São Paulo, com a participação do diretor-presidente da Varig, Ozires Silva, do presidente do Instituto Roberto Simonsen, Ruy Martins Altenfelder Silva, da diretora do Departamento de Pesquisas e Estudos Econômicos da Fiesp, Clarice Messer e do Coordenador Geral do Instituto ADVB de Responsabilidade Social – IRES, Lívio Giosa, que atuou como mediador do debate.

Ozires Silva lembrou que o País está estagnado há 20 anos e cruzou o milênio com perspectiva de continuar sem crescimento. “É preciso ter compromisso com o desenvolvimento econômico”, sublinha, acrescentando que, sem isso, não será possível financiar o custo do desenvolvimento social. Segundo ele, o País precisa experimentar algumas rupturas com as idéias do passado, reduzindo, por exemplo, os entraves ao crescimento. “Hoje, trabalhamos para o governo, mas ele não trabalha para a sociedade”, frisa.

Ruy Altenfelder, por sua vez, define empresa cidadã como aquela que busca agregar valores e resultados a todos os seus parceiros, dos acionistas à comunidade. “O Estado já não é mais o provedor de tudo”, constata, atribuindo esta responsabilidade a toda a comunidade. Disse ainda que as empresas bem-sucedidas são aquelas que têm visão social evoluída. “Quem não participa é cúmplice da pobreza”, ressalta.

Já Clarisse Messer observa que os assuntos estratégicos de uma empresa moderna precisam incluir a preocupação com a comunidade e o meio ambiente onde atua. Segundo ela, é comum confundir ação social com responsabilidade social. “A responsabilidade social ainda é vista como um conjunto de ações do tipo voluntariado e beneficente.” Clarisse não vê demérito nisso, mas defende a participação social com uma organização mais ampla.

O próximo debate acontecerá em janeiro e irá tratar do “Marketing Social como novo instrumento de comunicação nas empresas”. Informações e inscrições no IRES pelo telefone (+11) 3284-4044.