Enfim, os meios justificam?

0
17


A discussão em torno do marketing direto e de relacionamento traz os mais variados pontos de vista. Uns acreditam que há diferença entre ambas as estratégias, outros afirmam que a integração das ações é o que realmente faz a diferença no relacionamento com o cliente. O consenso geral de especialistas em torno do assunto é que a tecnologia está mudando radicalmente o diálogo com o consumidor e os clientes, exigentes e cada vez mais conscientes do que querem, precisam de um tratamento altamente personalizado e original.

As inovações tecnológicas estão possibilitando um trabalho mais assertivo, o qual está aproximando ainda mais a empresa do consumidor. “Enxergo na tecnologia um grande potencial para a evolução do marketing direto e de relacionamento, principalmente no que diz respeito ao aprimoramento dos bancos de dados – que são a matéria-prima do nosso trabalho -, seja na captação, na manutenção, enriquecimento ou higienização dessas bases”, é o que pensa o sócio-diretor de criação da e|ou, Eduardo Rodrigues. Ainda segundo Rodrigues a tecnologia está aprimorando os canais de comunicação com o cliente. “Os avanços tecnológicos já trouxeram também grandes possibilidades para a construção de peças melhores, mais ricas e mais relevantes, tanto no impresso quanto no digital, e acredito que isso deverá continuar acontecendo. Com a evolução da tecnologia, dia após dia veremos cada vez mais incrementos em nossos instrumentos de trabalho, bem como surgimento de canais que antes não imaginávamos que seriam aplicados ao segmento, notavelmente com relação aos dispositivos móveis”, conclui.

Deixando de lado as diferenças entre uma estratégia e outra, a integração entre o marketing direto e o marketing de relacionamento é que faz a diferença nas ações para conquistar e reter o cliente, de acordo com o sócio diretor da MPP, José Luiz Martins. “Ambos podem avançar com campanhas mais criativas e, no caso do marketing de relacionamento, cada vez mais personalizadas/exclusivas. A sinergia das ações de ambos é fundamental para a captação e fidelização do cliente e aumento de vendas. Por isso, é muito importante que as empresas promovam o engajamento de toda a cadeia, do CRM aos canais de venda. Além disso, torna-se imprescindível ´ouvir´ seu consumidor para depois agir: desta forma, evita-se sufocá-lo com informações irrelevantes e passa-se a oferecer o que ele realmente deseja”, afirma.

Já para o CEO da Rapp Brasil e América Latina, Abaetê Azevedo, tanto o marketing direto quanto o de relacionamento são uma coisa só que tem como objetivo entender e diferenciar cada cliente com suas diferentes necessidades.  “Não há diferença entre o marketing direto, marketing de relacionamento ou qualquer outro ´apelido´ que se dá à comunicação dirigida, à comunicação one-to-ne. Existe a estratégia de trabalho, bem peculiar, que, em vez de criar e desenvolver a comunicação massiva,é feita para cada pessoa, respeitando seu perfil e expectativa”, evidencia.

Com o ideal único de conquistar e fidelizar o cliente, as estratégias de marketing, independente do rótulo que recebem, podem contribuir muito com inovações nas relações de consumo e as empresas que apostam nestas ações ganham, com clientes satisfeitos e prestígio com as técnicas de gestão. “O marketing direto e de relacionamento, que temos chamado mais recentemente também de marketing do diálogo, está experimentando uma evolução sem precedentes na história, alavancada pelo surgimento das mídias digitais. É o marketing direto que tem em seu DNA a estruturação de diálogo entre marcas e clientes e as ferramentas digitais proporcionam uma fantástica gama de opções para que esse diálogo se estabeleça de forma perfeita, ou seja, no momento adequado, com a mensagem adequada, no canal mais conveniente e com a oferta correta. Esse é o sonho tanto das marcas quanto dos consumidores, a comunicação one-to-one real. O cuidado é basicamente trabalhar com ética”, conlcui Efraim Kapulski, presidente da Associação Brasileira de Marketing de Relacionamento, Abemd.
 
Para saber mais sobre marketing direto e de relacionamento, acompanhe a entrevista exclusiva com especialistas.
 
Como a evolução da comunicação one-to-one está mudando o relacionamento com os clientes
Gerente da Gafisa conta quais são as estratégias de marketing adotas pela empresa
 

Captar para fidelizar                                                                                                              O papel de cada estratégia de marketing no ciclo de vida dos 

Falando a mesma língua                                                                                                    Quais estratégias de marketing fazem a diferença na comunicação com um povo apaixonado por carros

Diferentes, mas dependentes                                                                                       Sócio-diretor da e|ou explica o ponto em que o marketing direto encontra o de 

O cliente mais próximo                                                                                                         Diretor- geral da Accentiv´Mimética esclarece a evolução do marketing 

Sem diferenças no marketing!                                                                                             O importante é atingir o cliente de forma individualizada dentro da comunicação one-to-one