Entender o perfil do cliente

0
2

Há cerca de dois anos, a General Motors do Brasil (GM) padronizou sua infra-estrutura de análise de dados, seguindo diretrizes da corporação mundial, com plataforma de Business Intelligence (BI) da MicroStrategy. São atendidas pela solução as áreas de Marketing e Vendas, focadas no processo ‘Order to Delivery”, que reflete as informações desde um pedido até sua entrega ao consumidor; além das áreas de Manufatura, Finanças e Compras, responsáveis pela compra de materiais indiretos, previsão de vendas de veículos (demand sensing) e análises de vendas on-line e análise da performance de processos internos ligados ao consumidor final. O uso da plataforma de BI permitiu, ainda, à GM, a troca de informações entre seus escritórios regionais em todo Brasil, além de ajudar a GM a entender melhor o perfil dos clientes dos veículos da montadora.
Antes dessa opção, a GM já possuía vários processos e áreas dependentes de informações derivadas de diferentes negócios, para a tomada de decisão. Porém, na maioria das vezes, eram projetos elaborados manualmente, com diferentes sistemas e planilhas, que não interagiam entre si. “Havia a necessidade de se estabelecer uma estratégia de tecnologia para suportar as ações da empresa de maneira consistente e integrada. Foi, então, criada uma área específica denominada ‘Executive Information Management’, com a missão de otimizar o potencial de uso da solução de BI”, explica Hélio Avelino da Silva, gerente de tecnologia em planejamento estratégico e gerenciamento de informações da GM.

A implementação das soluções MicroStrategy foi iniciada em um projeto para cerca de 20 licenças nominais. Hoje, conta com mais de 600 usuários, entre analistas, supervisores, coordenadores, gerentes e diretores. Trabalha com as soluções MicroStrategy Intelligence Server, OLAP Server, Narrowcast, Web Analyst e Desktop Analyst. A mais recente aquisição foi a plataforma MicroStrategy 7i, primeira solução de BI totalmente integrada e baseada na Web.
Anterior à adoção das plataformas MicroStrategy, a companhia já tinha implantado diferentes soluções de BI. Mas a opção por uma solução completa de BI, segundo Silva, foi uma estratégia para que a empresa obtivesse informações competitivas de mercado. Graças a essa iniciativa, a GM do Brasil comemora o fato de ser mais rápido e mais fácil obter o cruzamento das informações de seu dia-a-dia sobre os negócios, para a obtenção de modelos de informação que auxiliam em muito o processo de tomada de decisão.

Outro benefício constatado é a facilidade na criação de relatórios. “Passamos a contar com mais rapidez na obtenção de qualquer informação do sistema e maior facilidade no cruzamento dos dados existentes, como por exemplo, filtros por região, tempo ou modelos dos veículos comercializados. Com ele, todo dia na parte da manhã, os executivos da empresa podem ler os relatórios eletrônicos para saber quanto foi vendido no dia anterior”, acrescenta Silva.
Para comportar todas essas informações, a GM possui vários bancos de dados de portes médio e grande que constituem Datamarts especializados. “Temos como perfil, a adoção de tecnologias maduras, provindas de empresas que tenham infra-estrutura adequada e que nos ofereçam todo suporte e consultoria no país. Esse é o caso de nossa parceria com a MicroStrategy”, conclui Silva.