Enterasys apresenta redes seguras

0
6

O Vice Presidente Global da Enterasys, Michael Rivers estará no Brasil na próxima semana. Terá agenda repleta para conversar com os executivos da empresa e principais clientes aos quais apresentará o novo conceito de tecnologia da Companhia em nível mundial: redes seguras (secure networks). A vinda de Rivers coincide com a recuperação das vendas no mercado de tecnologia da informação no País e possibilitará ao executivo apresentar às equipes de vendas brasileiras os argumentos que, na opinião da Companhia, devem ser colocados aos usuários de seus produtos e serviços.

Para Mauricio Blanco, Vice Presidente para a América Latina e Caribe, este momento é extremamente oportuno, porque as vendas da Empresa no mercado nacional obtiveram um primeiro trimestre muito superior a igual período do ano passado e também bem maior, que as vendas dos últimos três meses de 2003. “Isto faz melhorar nossas previsões de receitas para o ano. A estimativa agora é de que cresçamos até 12% até o final de 2004 comparativamente ao ano passado”, informa.

O fato de que o governo federal tem previsão de investimentos em TI superior a US$ 800 milhões até dezembro, aumenta, segundo Blanco, o otimismo quanto ao comportamento das vendas públicas e privadas.


Do ponto de vista da Enterasys, Mauricio Blanco diz que a Companhia está agora sendo vista dentro do mercado brasileiro como empresa em ascensão no mercado de redes, crescendo em índices maiores que fornecedores tradicionais e concorrentes, segundo indica pesquisa entre usuários de TI, realizada no mês de junho pela publicação Info Exame. “Temos que aproveitar este momento excepcional e colocar no mercado nossos diferenciais de TI, como é o conceito de secure networks”.

O que são redes seguras

Segurança em redes e continuidade dos negócios constituem-se em alta prioridade de executivos como tem demonstrado o aumento dos investimentos nesta área, visando a defesa da infra-estrutura de TI. Porém, dois pontos devem ser levados em conta no planejamento destes investimentos: aumento da vulnerabilidade das redes e da velocidade dos ataques.

Neste cenário, a abordagem de implementação de elementos de segurança pontuais mostra-se incompleta e incapaz de prover a velocidade de resposta aos ataques e correção de vulnerabilidades necessários para manter o negócio da empresa, hoje dependente da TI, operando ininterruptamente.

A proposta da Enterasys Networks, segundo Mauricio Blanco, é utilizar a rede, elemento chave e onipresente da infra-estrutura de TI, como ponto de integração de todas as tecnologias de segurança, embutindo nela funcionalidades e inteligência para prevenir, detectar, analisar e responder aos ataques em alta velocidade, corrigindo automaticamente vulnerabilidades e minimizando os riscos.

“Esta abordagem cria o que denominamos de redes seguras. Mais do que segurança em redes, estamos falando de redes inteligentes, com gerenciamento baseado em políticas que asseguram a implementação do plano de segurança. Trata-se de uma rede integrada com sistemas de detecção de intrusos e com capacidade de mudança dinâmica de políticas para responder a ataques” afirma o executivo.