Entre a escolha e o bem-estar

0
1



Chega às livrarias brasileiras o livro “O Paradoxo da Escolha: Por que Mais é Menos”, pela Editora A Girafa. Em seu livro Barry Schwartz, economista, psicólogo e professor de Teoria Social da Swarthmore College, na Pensilvânia, defende que a maioria de nós estaria melhor se tivesse menos opções, e que muitos de nós sofremos demais para fazer a escolha certa. Ao mesmo tempo em que apresenta os argumentos de maneira muito bem fundamentada, o autor também oferece uma atraente introdução à pesquisa psicológica atual acerca da escolha e do bem-estar.


“À medida que a variedade de escolhas aumenta, como tem acontecido em nossa cultura de consumo, a autonomia, o controle e a libertação que essa variedade traz são poderosos e positivos. No entanto, na medida em que a quantidade de escolhas continua crescendo, começam a aparecer os aspectos negativos de haver um número infinito de opções. À medida que a quantidade de escolhas cresce, seus aspectos negativos aumentam gradativamente até nos sufocar. Quando isso acontece, a escolha deixa de ser fonte de libertação e passa a ser fonte de fraqueza”, verifica Barry Schwartz.


Ele nos mostra como o crescimento assustador do universo de escolhas tornou-se, paradoxalmente, um problema e não uma solução. O Paradoxo da Escolha trata das escolhas com que nos deparamos em quase todas as esferas da vida: educação, carreira, amizade, sexo, relações amorosas, criação dos filhos, práticas religiosas e o consumo em geral. Mas Schwartz também deixa claro que não está dizendo que a escolha não melhora nossa qualidade de vida. Ela permite controlar nosso destino e quase sempre conseguir exatamente o que queremos de qualquer situação.


Dividindo as pessoas entre maximizadores (os que buscam incessantemente e a qualquer custo a opção mais vantajosa) e satisfazedores (que procuram uma opção que lhes pareça satisfatória, quando a encontram param de procurar),o livro apresenta quatro prováveis razões que podem gerar insatisfação, com toda essa diversidade de escolhas.


Num primeiro momento, o livro examina como aumentou nos últimos anos o conjunto de escolhas com que as pessoas se deparam diariamente. Em seguida, analisa o modo como escolhemos e mostra como as escolhas inteligentes são difíceis e o quanto exigem de nós. Em seu terceiro capítulo, o livro aborda o modo e o motivo pelo qual a escolha pode nos fazer sofrer. Por fim, Barry Schwartz nos apresenta uma série de recomendações para aproveitar o que é positivo e evitar o que é negativo na moderna liberdade de escolha. Sem dúvida, trata-se de leitura obrigatória para todo leitor consciente.


Ficha Técnica
Livro: O Paradoxo da Escolha: Por que Mais é Menos
Autor: Barry Schwartz
Editora: A Girafa
Nº de páginas: 304
Preço sugerido: R$ 54,00