Fazendo bonito

0
3
Autora: Ana Tex
Salões de cabeleireiro, estética, depilação, barbearias e outros serviços de beleza podem e devem usar as redes sociais para atrair mais clientes e alavancar seus negócios. O Brasil é o terceiro maior mercado de beleza, perdendo apenas para os Estados Unidos e para a China. Isso demonstra que esse é um mercado em potencial crescimento no país. Mesmo assim, alguns profissionais enfrentam uma crise econômica e de mudança no comportamento de consumo com a presença da internet e, mais precisamente, das redes sociais.
Mas você já percebeu que alguns salões de beleza e profissionais do setor acabam se destacando no mercado porque utilizam, com algum conhecimento, o Facebook, Instagram, WhatsApp e outras mídias? Hoje, é fundamental o profissional do setor da beleza aprender técnicas de marketing digital e se posicionar nas redes sociais.
Para ajuda-lo nessa transição dos negócios e de captação de clientes no segmento da beleza por meio das novas mídias, enumerei algumas três dicas você dar os primeiros passos:
1 – Você já tem uma conta de Instagram para o seu negócio? Essa é uma rede social que se baseia em imagem, então capriche nas fotos e use todo o potencial que essa mídia oferece. Mostre bastidores, antes e depois e a transformação que você gera. É importante criar conteúdos tanto em vídeos, quanto em fotos. Procure referências de outros salões de beleza que você admire e profissionais que você goste.
2 – Use o Facebook.  Essa é a maior rede social do mundo. Hoje as pessoas buscam o tempo todo profissionais no Facebook e procuram conhecer melhor seus trabalhos. Se você não sabe utilizar o Facebook da maneira correta, provavelmente esta perdendo dinheiro.
3 – Não deixe o WhatsApp de fora. Essa é a mídia de contato direto, que no ramo da estética substituiu o telefone. Mas atenção! Tenha uma conta específica para o seu negócio. No WhatsApp é preciso ter cuidado para que ele não seja utilizado da forma errada, pois se trata de uma ferramenta de fidelização. Um exemplo de uso indevido do WhatsApp é criar grupos de clientes. A dica correta é apostar em listas.
Ana Tex é empreendedora, palestrante e consultora em marketing digital, especialista em novas mídias. Desenvolve cursos e infoprodutos com foco em aumentar a audiência e o faturamento de empreendedores.