Gestão dos recursos de infra-estrutura de TI

0
1


A Siemens Business Services, braço de tecnologia da informação do grupo, renovou a parceria com a montadora Ford Brasil para a continuidade dos serviços de TI, por mais três anos. O projeto tem o objetivo de integrar os sites da empresa no país, compartilhar projetos e serviços entre diferentes provedores, melhoria contínua na administração conjunta das pessoas, projetos e métricas; bem como o alinhamento periódico do Service Level Agreement (SLA) para atender as metas do negócio.

A Siemens unificou os diversos prestadores de serviços de tecnologia e é responsável pelo gerenciamento dos recursos de infra-estrutura de TI da Ford. A montadora ganhou facilidade no gerenciamento e controle das atividades. O trabalho iniciou-se na fábrica de São Bernardo do Campo, na Grande São Paulo, e foi estendido para as demais unidades fabris em Taubaté, Tatuí, Camaçari, na Bahia, e para as demais plantas e escritórios no Brasil – ao todo quatro fábricas e 16 escritórios de vendas regionais.

Os funcionários da Siemens aplicaram alguns módulos da metodologia ITIL – IT Infrastructure Library, que busca o aprimoramento da qualidade dos serviços prestados aos clientes pela melhoria dos processos internos de gestão de infra-estrutura. Nelson Blanco, diretor de Desenvolvimento de Negócios da Siemens Business Services, explica que na Ford adequou-se o tempo de atendimento ás expectativas do negócio. “Agora o foco está em atender o usuário, qual a melhor forma de satisfazê-lo, e qual o melhor parâmetro em relação à demanda do negócio”.

Hoje, a Ford tem formas de relatório com análises de reincidência, o que permite avaliar os locais e que tipos de problemas ocorrem, possibilitando entender exatamente o que acontece e precisa ser resolvido. A Siemens investirá R$ 3 milhões em ITIL para aprimorar serviços. Até o final do ano, todos os projetos deverão ser baseados nesta metodologia. A implementação será em etapas, pois é um processo de aprendizado contínuo. “As empresas estão mudando seus conceitos e necessitam de novos processos para operação e governança em TI”, afirma Nelson Blanco.

“O mercado, que já possui a cultura de terceirização das operações de TI, busca agora empresas que possam agregar mais valor aos negócios. Além da Ford, temos projetos já implantados em vários clientes, com objetivo de ajudá-los na gestão da área de TI, propondo e sugerindo novas metodologias e ferramentas para aumentar a eficiência e eficácia da área de TI. Isto além de prestar e manter os processos e os serviços de operação dentro dos níveis de serviços acordados (SLA)”, conclui.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorMercado informal
Próximo artigoAtento Brasil abre 30 novas vagas