Governo ganha novo reforço na área de tecnologia

0
2

O Instituto Brasil para Convergência Digital (iBCD), criado no último dia 11 de maio, em Brasília, nasceu da inciativa dos líderes de empresas dos setores de informática (software, hardware e serviços) e telecomunicações. O iBCD surge com o diferencial de ser a primeira entidade representativa de TI&C (Tecnologia da Informação e Comunicações) a reunir as áreas de software, hardware, serviços e telecomunicações de forma a cooperar com o governo na promoção e desenvolvimento sócio-econômico do País por meio da tecnologia.
“Entendemos que, para um Brasil competitivo, é preciso criar meios para facilitar o acesso às novas tecnologias por todos os setores da economia. E o iBCD é a primeira ação nesse sentido”, afirma Ruy Mendes, presidente do instituto. Segundo ele, o governo deve considerar o setor de TI&C como fator crucial para o desenvolvimento do país e cita como exemplo o setor de agricultura, que investiu maciçamente em tecnologia nos últimos 20 anos e atualmente é considerado um dos segmentos mais competitivos do mundo.
“Hoje, os principais países que disputam o mercado de software com o Brasil, por exemplo, estão usando a tecnologia como ferramenta atrativa aos investimentos externos”, diz o presidente do iBCD. “Se o Brasil souber aliar o grande potencial do mercado interno, com ações de incentivo ao uso da tecnologia, será tão atrativo quanto a China e Índia que são hoje fortes no mercado mundial”, completa.