Grupo Procwork incorpora DBO

0
1


O Grupo Procwork, empresa de serviços de consultoria e integração de soluções de tecnologia da informação (TI), anuncia a aquisição da DBO Engenharia de Sistemas, empresa especializada em automação comercial para restaurantes e fast-foods. Representante exclusiva no Brasil do software de origem americana Aloha, a DBO será uma das unidades de negócios do Grupo. A solução, que atende a mais de 65 mil restaurantes no mundo, tem interface para Touch Screen e funções de gerenciamento e CRM.

Na prática, a Procwork passa a oferecer ao mercado de restaurantes e redes de fast-foods uma estrutura completa de produtos e serviços para automação comercial. “Nossa proposta é disponibilizar desde a criação da loja, que inclui instalação de cabeamento elétrico e lógico, implementação do sistema Aloha, treinamento, monitoramento dos servidores via PW.NOC (Network Operation Center) – administração de infra-estrutura à distância de ambientes de TI, até o suporte técnico e funcional do produto”, explica Carlos Cuevas, sócio-diretor do Grupo Procwork. E a estratégia não para por aí. O foco da incorporação da DBO também inclui a integração das informações geradas pelo aplicativo de automação comercial Aloha aos sistemas de ERP (Enterprise Resource Planning).

Luiz Roberto Bento, presidente da DBO que assume o cargo de diretor da nova unidade de negócio de automação comercial, acredita que o Aloha será uma poderosa porta de entrada do Grupo Procwork no segmento SMB (Small and Medium Business). “No formato em que está sendo desenhada a solução, esta será uma oferta para qualquer tamanho de empresa”, resume. E as expectativas de atuar neste setor são promissoras, visto que o mercado de automação comercial movimentou cerca de R$ 700 milhões em 2005 e deve crescer 26% em 2006, segundo a Associação Brasileira de Automação Comercial (AFRAC).

O valor da aquisição não foi divulgado, mas a companhia adianta que serão investidos cerca de R$ 5 milhões nos próximos dois anos para a estruturação e adequação do leque de ofertas. A expectativa é que neste período essa unidade registre um volume de negócios da ordem de R$ 15 milhões. A carteira de clientes, que hoje chega na Procwork com 35 empresas, tem como alvo atingir aproximadamente mil clientes, levando em consideração a conquista de todas as unidades franqueadas de uma rede em todo o País, por exemplo.