Hewitt HRO conduz estudo na América Latina

0
1


A Hewitt HRO América Latina iniciará neste mês de setembro uma pesquisa entre cerca de 400 empresas latino-americanas, duzentas delas localizadas no Brasil, com o objetivo de traçar um panorama sobre a atual situação do segmento de HRO (Outsourcing de Recursos Humanos) na América Latina. O estudo “Outsourcing de RH: Tendências & Insights 2006” é inédito na região, e foi adaptado à realidade latino-americana a partir de pesquisa similar já aplicada pela Hewitt Associates na Europa e Estados Unidos.

Segundo Carlos Raposo, diretor geral da Hewitt HRO para a América Latina, o mercado latino-americano carece de um estudo nesse sentido e o objetivo da pesquisa é entender o ponto de maturidade em que se encontram as empresas latinas com relação aos processos de recursos humanos e ao HRO. “Hoje, no mundo, as organizações têm buscado a terceirização em processos de RH por várias razões: para focar em seu negócio principal, melhorar processos, reduzir custos operacionais e para liberar o profissional de RH de tarefas operacionais ligadas ao gerenciamento de RH”, explica carlos. Porém, o executivo salienta que existem diferentes níveis de adoção da terceirização. “Enquanto alguns empregadores terceirizam apenas as operações de RH, outros também terceirizam desenvolvimento de estratégias e elaboração de planos”, explica.

Além disso, o executivo comenta que a América Latina é um mercado novo e representa um grande potencial de expansão e receita em terceirização de recursos humanos. “Com esse estudo será possível conhecer as reais necessidades das corporações e os melhores caminhos para atendê-las”, finaliza Carlos.