Hora de ser protagonista da mudança

0
2
O cenário econômico brasileiro vem passando por um momento de grande instabilidade, que vem causando estagnação de muitas empresas e alta do desemprego. Embora a expectativa fosse de melhora para o próximo ano, alguns economistas já apontam que isso não deve acontecer. Um quadro um tanto quanto preocupante. Mas que pode mudar. Para isso, Rodrigo Loures, presidente da Nutrimental e responsável pela área de Inovação na Fiesp, coloca dois pontos como fundamentais: investir em inovação e uma participação mais ativa dos empresários junto às prefeituras. “Teremos mudanças nos próximos anos na política e isso terá grandes consequências em todas as áreas. Por isso, é fundamental que as empresas apresentem propostas de inovação para a gestão pública”, afirmou o executivo, durante o XV Encontro com Presidentes, realizado ontem (06), em São Paulo.
De acordo com Loures, o atual momento do País necessita de novas institucionalidades que permitam que a mudança aconteça. No primeiro momento isso passa por permitir que as empresas possam aproveitar melhor suas infraestruturas para o desenvolvimento do Brasil. Por outro lado, passa também pela importância delas contribuírem para que o País acompanhe as mudanças do mercado.
Dentro disso, ele destaca a oportunidade que existe em São Paulo, com a gestão do novo prefeito, João Dória, que já prometeu investir em eficiência e inovação. “Essa é uma grande chance de colaborar com a gestão pública. Nós enquanto empresários devemos nos organizar para produzir propostas, apresentar e ser exemplo.” O presidente da Nutrimental explicou que, como os governos municipais são mais acessíveis, uma parceria com as empresas é algo mais possível, fazendo dos empresários protagonistas da mudança.
Como reflexo disso, Loures aponta que a região pode abrigar um ecossistema de inovação, podendo ser multiplicado no mercado brasileiro. Ou seja, a mudança em São Paulo pode impulsionar mudanças em outras prefeituras, refletindo positivamente, chegando até a gestão Estadual e Federal. “Apesar de toda crise e os cenários, uma certeza é que as mudanças fundamentais devem acontecer. E um dos principais vetores deve ser a cidade de São Paulo”, completa.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorO que será do amanhã?
Próximo artigoVamos botar a mão na massa!