IDC aponta tendências de investimentos em TI

0
2


As previsões de investimento de TI são otimistas para 2006. Isso é o que mostra a IDC na série Brazil IT Investments Trends, análise que acompanha anualmente as tendências de aporte em TI de vários segmentos do mercado. Dos 832 entrevistados, entre CIOs e decisores de TI das principais empresas estabelecidas no País de diferentes setores da indústria, 61% deles estimam aumentar o orçamento destinado às compras de tecnologia, enquanto 20% acreditam que se mantenha igual a 2005.

“Em 2005 já observamos um aumento expressivo nos investimentos em TI, cerca de 15% em relação a 2004, e a nossa expectativa de que este ritmo continuasse em 2006 está sendo confirmado por esta série que analisa, tanto de forma qualitativa quanto quantitativa, o aporte de TI de uma gama de verticais”, analisa Sérgio Cintra, novo responsável pela área de análises de mercado da IDC Brasil.

Em 2005 as três prioridades de investimentos em TI eram segurança, ERP e software livre, já neste ano VoIP ficou em terceiro lugar, o que evidencia a tendência de adoção da tecnologia pelas empresas brasileiras.

Novamente os segmentos de manufatura, finanças e governo estão entre os que mais investirão. No entanto, apesar de manufatura se manter na liderança, a perspectiva é de estabilização dos investimentos. “O destaque diz respeito ao governo, que pretende intensificar suas compras de tecnologia este ano. O governo federal investirá mais em TI em 2006 do que nos três primeiros anos de mandato”, analisa Sérgio Cintra.