IDC Brasil revela as tendências em BI

0
3

Em 2003, a tecnologia de software de BI já havia sido constituida como uma das principais prioridades de investimento das empresas brasileiras, impulsionando sua adoção no País. Num relatório deste ano do Brazil: Business Intelligence Tools, sobre o dimensionamento do mercado de software de Business Intelligence, a IDC Brasil apresenta as principais tendências e cenários de mercado das áreas de Data Warehouse, Data Mining e End Query, Report & Analysis, esta última abrangendo EIS e OLAP.

Em 2004, a previsão da IDC é que o mesmo desempenho positivo seja repetido. “Uma das principais tendências atualmente é o aumento do número de projetos de consolidação das ferramentas de BI, voltados ao desenvolvimento de uma estrutura que atenda a organização de maneira abrangente. Neste aspecto, ressalta-se o crescimento das aplicações direcionadas ao monitoramento da performance empresarial e gerenciamento de indicadores-chave de negócios, além da integração destas com as ferramentas tradicionais de BI, que vêm sendo implementadas nos últimos anos de maneira crescente no Brasil”, diz Bruno Rossi, analista sênior de software da IDC Brasil, responsável pela pesquisa.
Segundo a IDC Brasil, um dos aceleradores responsáveis pelo aumento da adoção de ferramentas de BI deve-se ao interesse dos gestores de TI em prover um alto nível de serviço para as áreas de negócios, disponibilizando ferramentas analíticas que auxiliam o gerenciamento do desempenho de indicadores estratégicos e táticos. “Com o avanço das ferramentas de produtividade pessoal no trabalho e o maior nível de automação e informatização dos processos de negócios, os profissionais tendem a gastar mais tempo planejando e analisando suas atividades. Neste contexto, ferramentas de extração e correlação de dados, relatórios gerenciais pré-formatados e acompanhamento de índices de performance devem ter suas utilizações aumentadas nos próximos anos, conclui Rossi”.
Neste relatório, a IDC mostra ainda que uma das principais áreas de crescimento em Business Intelligence no futuro será a aplicação das ferramentas em dispositivos móveis. O analista afirma que “no Brasil, temos observado um crescimento acelerado no uso de aplicações por meio destes equipamentos. Em setores como seguros, o consumo de equipamentos para acessos a bases de dados remotamente vem aumentando consideravelmente. Aplicações como CRM para automação de forças de vendas vêm sendo cada vez mais demandadas. Com isso, prevemos que os usuários utilizarão ferramentas analíticas remotamente no médio prazo”.