O canal para quem respira cliente.

IFS adota novo posicionamento

Share on facebook
Share on whatsapp
Share on twitter
Share on linkedin

A operação mundial da IFS Industrial & Financial Systems, desenvolvedora de software para gestão empresarial, está adotando um novo posicionamento no mercado, que foca esforços no desenvolvimento e atualização tecnológica do IFS Applications. Para isso, a IFS World está aplicando um novo modelo de negócio baseado em franquias. O Brasil e a América Latina, regiões consideradas estratégicas para a empresa, será o piloto global para essa nova iniciativa. O sucesso do formato atual de distribuição já adotado pela filial brasileira, que conta com empresas como a Procwork, foi fator primordial para a escolha do Brasil como um dos mercados-teste.
A companhia resolveu investir nessa reestruturação porque julga que as particularidades de cada mercado serão mais bem absorvidas por parceiros locais, que ficarão a cargo das vendas, implementação e suporte de primeiro nível aos clientes, enquanto a matriz sueca se encarregará de dar total apoio ao produto. Para dar início a essa nova operação na América Latina, foi criada a LatinIFS, empresa dirigida por Lávio Falcão, então presidente e CEO da IFS do Brasil, que será a master franqueadora para a América Latina e comandará todos os franqueados locais, ou seja, seus parceiros atuais.
Segundo Jan Moodh, vice-presidente da IFS World, “a LatinIFS será responsável por todas as franquias da região e representará 100% dos interesses do Grupo IFS e, apesar desse processo já ter sido adotado parcialmente no Japão e na Europa – locais que já estão dando retorno positivo, o Brasil a e América Latina serão utilizados como modelo para uma grande operação baseada em franchise, pois se trata de uma região em desenvolvimento contínuo e que contempla alto potencial de crescimento”, comenta.
Para essa primeira etapa estão sendo investidos cerca de US$ 1,1 milhão para reestruturar a operação e localizar a nova versão do produto. Na prática, a operação não muda, pois continuará recebendo investimentos para a aplicação de novas verticais e a região continua na rota de implementação dos projetos mundiais. A grande vantagem dessa nova política baseada em franquias é que a legislação brasileira para esse modelo é moderna, responsável, bem definida e traz benefícios fiscais que acarretarão um produto mais competitivo no mercado.
Para Falcão, a América Latina mostrou um desempenho favorável, o que assegura colocar em prática uma reestruturação local que servirá de base para as demais ações da companhia no mundo. “Essa é uma região que está preparada para assumir o posicionamento global que a organização está adotando no que tange ao suporte local de serviços, pois concentramos uma vasta carteira de aproximadamente 100 clientes”, ressalta o executivo.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Rolar para cima