Índice de cheques roubados diminui

0
1



Uma pesquisa realizada pela Telecheque mostra que o índice de cheques roubados apresentou acentuada queda em setembro. O número de transações com cheques roubados no período é de 0,06%, o que significa uma redução de 40% frente ao mesmo período do ano passado (0,10%). Em relação a agosto 0,07% houve diminuição de 14,29%.

 

De acordo com José Antônio Praxedes Neto, vice-presidente da Telecheque, este recuo é muito positivo para o varejo, “os golpistas costumam se aproveitar das lojas cheias e correria das compras de final de ano para agir com novas modalidades de golpes. Desta forma, é fundamental que o varejo esteja atento no momento da venda, principalmente quanto à correta identificação do emitente”, alerta.

 

O indicador de cheques sustados acompanhou essa tendência e apresentou queda de 2,94% em relação a setembro de 2006. No período, o número de cheques sustados foi de 0,34%, enquanto em setembro deste ano ficou em 0,33%. Já em comparação com o índice do mês anterior (0,36%), a baixa foi mais expressiva e chegou a 8,33%.

 

“Os cheques sustados não devem ser confundidos pelo consumidor em sua real função. A sustação de um cheque só deve ser realizada pelo consumidor quando, de fato, houver um desacordo comercial”, conclui Neto.