Informação, combustível das organizações

0
1
Uma empresa bem informada e atualizada é uma organização mais segura em suas decisões. Conhece o mercado e consegue saber o melhor caminho a seguir, inclusive, na fidelização de clientes. “A informação bem tratada e analisada pode significar uma enorme vantagem competitiva. Desde os processos decisórios mais simples aos mais complexos, a utilização plena da informação disponível pode alavancar negócios, antecipar tendências e apoiar estratégias de forma vital”, afirma a diretora de analytics e modelagem da Boa Vista SCPC, Serviço Central de Proteção ao Crédito, Maria Dolores Gil de Oliveira.
Ela considera informação tão essencial para o meio corporativo, que inclusive a compara como um combustível para as empresas. Mas para que ela traga este vigor, é preciso que as organizações saibam a melhor forma de utilizar as ferramentas, que exigem recursos humanos e tecnológicos especializados para o seu melhor funcionamento. “Não basta apenas a aquisição de uma ferramenta, mas sim contar com apoio especializado para adaptar essa ferramenta às necessidades específicas de cada empresa”, ressalta. “O importante é fazer com que esse combustível leve as empresas cada vez mais longe.”
Aqueles que não fazem esse tipo de trabalho dificilmente conseguirão se sobressair do mercado, ficando apenas à margem de seu segmento, competindo em desigualdade de condições com as demais empresas. “Muito há a perder, inclusive as oportunidades de alavancar vendas, quando não se dá a devida importância à informação.” Para que isso não ocorra, a executiva atenta ao fato de que toda a empresa deve estar consciente sobre a importância de seguir processos adequados de coleta, tratamento e armazenamento de dados. “Todo dado é importante! Não devemos jogar fora nenhum dado, pois somente as análises combinatórias entre ele, as suas correlações e os eventuais fluxos de decisão que deles se alimentem poderão identificar dados relevantes que, por vezes, podem estar ‘escondidos’ dentro da empresa sem que lhes seja dada a real importância.”
Além disso, a informação pode contribuir na inovação colaborativa, criando em diferenciais competitivos. Para isso, o desafio está na transformação da informação em conhecimento aplicado aos processos de negócio. Por esta razão que a qualidade dos dados é fundamental para a gestão, pois o conhecimento profundo dos clientes traz à organização condições para adequar suas ofertas a cada perfil. “Manter os dados de seus clientes atualizados, buscar dados externos confiáveis que qualifiquem e identifiquem o seu comportamento com outras empresas, buscar conexões e combinações de dados que permitam visualizar tendências de comportamento e de consumo trarão certamente diferenciais competitivos, traduzidos em relacionamento de longo prazo com seus clientes”, finaliza Maria Dolores.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorGerenciamento da jornada do cliente
Próximo artigoCultura multinacional