Inspiração contra a concorrência

0
12
Conquistar o cliente e vencer a concorrência é um grande desafio, e não é de hoje. Mas atualmente com a era digital, em que a informação chega mais rápido, clientes têm acesso a mais opções e as empresas têm de lidar com o ambiente online e offline, chamar a atenção do público-alvo parece ser um processo mais trabalhoso. É para isso que existe a publicidade. Porém, é preciso aproveitá-la da melhor forma, para que o objetivo pretendido seja alcançado, e para isso é necessário inovar e ter uma boa estratégia, o que nem sempre está atrelado ao quanto se investe.  É o que ficou comprovado com o fórum “As Grandes Sacadas de Marketing do Brasil” deste ano.
Na sua 11ª edição, marcas reconhecidas utilizaram a criatividade nas campanhas para conquistarem os clientes, com os mais diferentes focos. Em comum, todas procuraram se destacar da concorrência. “Essa edição foi marcada por empresas que, independentemente de seu investimento, conseguiram criar estratégias diferenciadas em relação aos seus concorrentes. Não é o maior budget, mas sim a empresa que, com os recursos que possui, consegue elaborar estratégias que superam as expectativas. É possível alcançar ótimos resultados com investimentos relativamente baixos. O que nunca pode ficar de lado é criatividade para sair do ´lugar comum´ e surpreender”, afirma Lívio Giosa, presidente do Centro Nacional de Mecanização Empresarial, Cenam, e coordenador do fórum.
No quesito promoção de produtos e serviços, o Bradesco Seguros apostou naquilo que seu trabalho mais procura evitar que ocorra: os imprevistos. Com o intuito de fazer com que seus clientes tivessem noção da importância em se ter seguros, eles focaram na linguagem simples e divertida para serem notados, mas sem causar impactos exagerados. “Ao lançar a Campanha ´Vai que…´,o Grupo Bradesco Seguros inovou a estratégia de comunicação de seguros e lançou uma linguagem bem-humorada para ressaltar a importância dos produtos frente aos imprevistos e riscos a que todos estamos expostos”, conta Alexandre Nogueira, diretor do Grupo.  Mudar a forma de comunicação também foi a opção utilizada pela Salsaretti, de acordo com Patrícia Rodrigues, gerente de marketing da categoria atomatados de alimentos & ingredientes da Bunge Brasil, a intenção pretendia era ter uma mensagem diferente daquela já utilizada por outras marcas e foi em uma campanha que abrangesse os mais diversos canais que surgiu a chance de sair do óbvio. “Acreditamos que a nossa grande sacada foi executar a estratégia 360 graus com excelência e trabalhamos uma linguagem única na categoria de molhos fora do universo ´naturalidade e tradição´, ou seja, a linguagem para comunicar um produto natural e tradicional, que é comumente explorado pelo setor”, explica.
Por outro lado, houve aqueles que procuraram no marketing um meio de buscar mais espaço para o mercado, seja para reafirmar a sua marca que já é conhecida ou para mostrar um novo momento da empresa, que pretende mudar uma imagem negativa. Como foi o caso do Banco Pan, que se encontrava em um momento decisivo: com a nova gestão precisavam remodelar a marca e voltar a serem lembrados de maneira positiva. Assim, foi definido um processo, chamado de projeto rebranding. “Rompemos com um passado negativo da marca anterior e, neste novo momento, sem perder a identificação com clientes e parceiros, trouxemos atributos fundamentais no nosso segmento de atuação, como cordialidade, ética, respeito, transparência e cordialidade”, conta João Luís Prudente do Amaral, superintendente de marketing do Banco Pan. Já com um reconhecimento de mercado e um cenário mais favorável, a Amanco também trabalhou na criação de uma nova identidade como objetivo de conquistar mais espaços no mercado e a estratégia foi mudar o protagonista de suas publicidades.”Evitamos trabalhar com as celebridades endossando os produtos, abordagem que vem se mostrando ultrapassada e com pouca credibilidade, já que as verdadeiras estrelas para a marca são os profissionais da construção, como balconistas e instaladores hidráulicos, que são os recomendadores da marca”, conta Patrícia Barreros, gerente de marketing e comunicação da Mexichem Brasil. 
O reconhecimento que as marcas receberam e os bons resultados de suas campanhas são fruto de estratégias criativas e elaboradas, como ressaltou Giosa, para garantir a boa experiência do cliente. “Mesmo tendo um conceito já consagrado, é essencial buscar a inovação, reciclá-lo, renová-lo para não apenas manter as conquistas atuais, mas buscar a crescimento através da admiração que uma marca pode conquistar junto a seus públicos”.
E para você, o que uma campanha de marketing precisa ter? Participe da nossa enquete!

Confira também as outras matérias do Especial:
Com ação “Vai que…”, Bradesco Seguros usa humor e inovação para cliente pensar em segurança
Unir renovação de produto com os diversos canais disponíveis pode ser a chave do sucesso
Cuidar da imagem é um desafio que pode ser facilitado com publicidade
Fazer do público a celebridade da campanha foi a estratégia da Amanco para aumentar market share
Mais do que investir grandes quantias, o principal é buscar estratégias inovadoras nas campanhas