Inteligência de vendas

0
12


Por mais abrangente que seja o portfólio de produtos e serviços, nenhuma companhia do mundo possui capacidade e recursos para cobrir 100% do mercado. Identificar os clientes com maior potencial de venda e apresentar maior valor na oferta é fundamental tanto para otimizar o trabalho de vendas quanto para garantir a satisfação do cliente. Com essa visão, a Computeasy, provedora de produtos e soluções em TI e Telecom para o mercado corporativo, implementou o SPIK (Sales Process Information & Knowledge), Framework que permite o gerenciamento operacional e estratégico do trabalho da força de vendas, da Sailin.

“Um erro comum é achar que o sucesso de vendas depende exclusivamente de relacionamento e de um amplo portfólio. Informações qualificadas são necessárias para definir a oferta adequada aos clientes e garantir que o esforço de venda gere resultados efetivos para a empresa”, afirma Carlos Motti, Diretor executivo da Computeasy.

O SPIK reúne os conceitos de CRM (gestão de relacionamento), SPM (gerenciamento de força de vendas) e um conjunto de módulos que acrescentam precisão e previsibilidade às atividades da equipe de vendas. “Com o SPIK passamos a contar com um dimensionamento das oportunidades de negócios, mapeamento do processo decisório nas empresas e outros recursos de inteligência competitiva que apóiam o alinhamento da nossa oferta com as demandas do mercado”, conta Ronaldo Tristão, gerente de administração de vendas da Computeasy.

Entre outras funções, o sistema classifica as oportunidades de negócios não apenas do ponto de vista da probabilidade de venda imediata, mas também por critérios estratégicos definidos pelos diretores. “Com o SPIK temos uma visão granular, com detalhes, sobre a empresa com que nos relacionamos ou queremos fazer negócios. E a qualidade dessas informações e a velocidade de resposta que obtemos nos permitem ter previsibilidade de até um ano em relação a cumprimento de metas e resultados”, esclarece Ronaldo.