Internet e empreendedorismo chegam a comunidades pobres do PR

0
1

Os jovens de classes menos favorecidas já podem contar com acesso gratuito à Internet, aulas de informática em computadores ligados em rede e incentivo à participação em projetos de empreendedorismo e. Tudo isto está disponível nas Escolas de Informática e Cidadania (EICs), localizadas em bairros pobres das cidades do Paraná. Graças à parceria entre o Instituto Unibanco e o Comitê para Democratização da Informática (CDI) foi possível equipar 10 escolas com 50 microcomputadores munidos de kit multimídia que possibilitarão a inclusão digital a centenas de jovens carentes.

O lançamento oficial desta iniciativa será realizada no dia 22 de março, em Curitiba, na abertura da Semana da Inclusão Digital, durante o I Seminário Tecnologia e Inclusão Social: desafios e perspectivas.”Levar informática a estes jovens é contribuir para o exercício da cidadania. Além de proporcionar a democratização dos meios digitais, o projeto oferece a possibilidade de um futuro melhor, ampliando as chances de sucesso no mercado de trabalho”, afirma Tomas Zinner, presidente do conselho do instituto Unibanco. Seguindo um modelo de auto-sustentabilidade, o projeto contribuirá para o desenvolvimento tanto de alunos como de educadores, com a criação de cursos de informática com conteúdo voltado para empreendedorismo e cidadania.

Os professores, membros da própria comunidade, serão capacitados pelo CDI-Paraná. Os custos do projeto, que inclui a capacitação de professores e coordenadores, a manutenção dos equipamentos e o acesso à Internet, serão cobertos por uma taxa simbólica de R$ 10,00 mensais cobrada dos alunos. Estes recursos serão suficientes para manter o projeto ativo, beneficiando cerca de 4200 pessoas, especialmente jovens, em dois anos.