Internet já é um meio de venda

0
1
“Nós não acessamos a internet, nós vivemos online”, essa foi a afirmação de Julia Lopes, uma das gerentes de parcerias estratégicas do Google Brasil, em um evento gratuito promovido pela Guia Fácil Comunicação, em Blumenau (SC). A executiva apresentou novas tendências de consumo dos brasileiros e alternativas para quem quer melhorar suas vendas. Atualmente, 93 milhões de brasileiros usam o smartphone para se comunicar e um em cada quatro possui mais de um aparelho. Em média, passam 7,9 horas por dia conectados através dele. 
Com base nestes números e em pesquisas foi apontado como a forma de consumo está mudando, bem como a necessidade de uso de novas ferramentas como alternativas. “Vimos uma nova perspectiva para os negócios: hoje 40% das pessoas estão mais conscientes com os gastos, 74% delas pesquisam online antes de comprar na loja física e 83% utilizam o mecanismo de busca para encontrar um negócio próximo a elas. Isso significa que é preciso se adaptar à nova realidade”, destaca a coordenadora de marketing da Guia Fácil Comunicação, Karina Klitzke Gasda.
Impulsionando vendas
O evento apresentou, ainda, aos participantes alternativas e produtos para quem busca melhorar seu posicionamento na internet. Confira as quatro ações:
1. Ter uma boa página de conversão: o site, além de responsivo (que se adapte a qualquer plataforma mobile), também deve facilitar a busca do consumidor, fazendo com que ele encontre rapidamente o que deseja. 
2. Direcione seu cliente com o anúncio certo: links no topo é o que o Google oferece através da solução de links patrocinados. Eles contam ainda com extensões que permitem ao cliente, em um único clique, ir até a página que busca. A visualização aparece de acordo com o que o consumidor procura no mecanismo.
3. Avalie o impacto dos investimentos online: através de ferramentas como o Google Analytics, o empreendedor pode avaliar com precisão o retorno dos investimentos online, com métricas precisas.
4. Otimize com foco no desempenho: hoje 49% das pessoas ficam propensas a visitar o site depois de ver o anúncio em display e 40% a pesquisar a marca. As ações de remarketing, em que através do rastreamento dos internautas que acessam sites ou realizam compras online, as empresas podem manter uma relação mais duradoura, através do Google Adwords, também foram destacadas. Por último, foi abordado o serviço chamado de audiências similiares, em que, com base no perfil dos visitantes do site, o Google auxilia a empresa a alcançar novos potenciais clientes.