Itens de decoração na mira do e-consumidor

0
1
A categoria “Casa e Decoração” foi destaque em vendas pelo quinto ano consecutivo no ranking do Mercado Livre. A categoria alcançou a segunda posição em 2016, assumindo o posto que era da “Informática”, segmento que agora ficou na 5º colocação. Desde 2011, “Casa e Decoração” vem crescendo vertiginosamente – passou do 14º lugar naquele ano para a terceira colocação em 2015. Esse crescimento contínuo se deve, sobretudo, a presença forte de lojas oficiais que comercializam esses itens no site, como Polishop, Zelo, Ricardo Eletro, Cnova, C&C, Mobly, Havan, Philco e Copel. Atualmente, são 112 lojas oficiais neste segmento.
A categoria “Calçados, Roupas e Bolsas” também registrou um salto importante, subindo para a 3ª posição em 2016. No ano anterior, o segmento figurava o 6º lugar no ranking. “Acessórios para Veículos” segue na liderança, mantendo-se em primeiro lugar em vendas desde 2012, e “Celulares e Telefones” continua no ranking na mesma posição do ano passado (4º lugar). “Definitivamente o consumidor brasileiro se acostumou a comprar produtos menos comparáveis pela Internet. Temos duas categorias de forte apelo visual e emocional no top 3 do ranking de vendas do Mercado Livre”, afirma Leandro Soares, diretor de Marketplace do Mercado Livre Brasil.