Jovens preparados para o futuro?

0
1
Os cursos superiores nas áreas de comunicação, marketing e ciências da computação não preparam profissionais para atuar no crescente mercado de marketing digital no Brasil, segundo mais de 90% das pessoas que trabalham no setor. O dado é fruto da recente pesquisa da consultoria Conversion, em parceria com os organizadores do Search Masters Brasil. O levantamento ainda concluiu que cerca de 40% dos profissionais inseridos no mercado de marketing digital são empreendedores e possuem seu próprio negócio. No Brasil, os jovens entre 26 e 33 anos são a maioria na área, compondo 39%, e o número de profissionais com menos de 12 meses no segmento corresponde a 48% dos entrevistados.
  
Foram consultados mais de 600 profissionais do marketing digital no país, sendo que 30% são analistas, 13% ocupam o cargo de gerência, 10% estagiários e apenas 4% são diretores. Já as mulheres são consideradas minoria no setor, representando apenas 20% dos profissionais. O levantamento também considerou a faixa salarial, que chega a R$ 12 mil, mas a maioria, cerca de 30%, ganha entre R$ 2,5 mil e R$ 5,5 mil.
“Ter a maioria formada por jovens não é uma característica preponderante do mercado de marketing digital brasileiro e o mesmo cenário é observado em outros países. Muitos desses jovens fazem dois turnos: trabalham em um lugar e tocam o negócio próprio, que, na maioria das vezes, é embrionário. Mas está ali a vontade de ver o negócio acontecer, a verve de empreender, mas falta um pouco de conhecimento de gestão”, afirma Diego Ivo, CEO da Conversion.