Justiça do Trabalho discute processo virtual

0
8


O Conselho Nacional de Justiça (CNJ) e o TRT da 10ª Região (DF e TO) promovem nesta quinta-feira, (08/02), em Brasília, o 1º Encontro sobre Processo Virtual na Justiça do Trabalho. O sistema de processo virtual desenvolvido pelo CNJ permite a tramitação totalmente eletrônica dos processos, via Internet, dispensando o uso de papel e dando agilidade e transparência à justiça. A ferramenta é usada em tribunais de justiça estaduais. Agora, o Conselho quer estender o sistema também para os tribunais regionais do trabalho.

De acordo com o secretário-geral do CNJ, juiz Sérgio Tejada, a implementação do sistema na Justiça do Trabalho é facilitada pelo alto nível de informatização deste ramo do Judiciário. A justiça trabalhista já possui sistema próprio de informatização, com uma rede que liga os tribunais regionais ao Tribunal Superior do Trabalho (TST).

O conselheiro Douglas Rodrigues, juiz trabalhista que integra a Comissão de Informatização do CNJ, acredita que a união das duas tecnologias só trará ganhos para todos. “O sistema de processo virtual é uma ferramenta fundamental no combate a um grande problema do Judiciário, que é a morosidade, e vai se adequar perfeitamente ao perfil vanguardista da justiça do trabalho”, afirma.

De acordo com a presidente do CNJ e do Supremo Tribunal Federal, ministra Ellen Gracie, já em março 17 dos 26 tribunais estaduais estarão prontos para instalar o sistema de processo virtual em varas piloto. Dentre os juizados especiais federais, cerca de 80% já utilizam o processo virtual. “A redução de tempo e de custo é significativa. O impacto ambiental também”, disse a ministra em discurso na abertura do ano legislativo, no Congresso Nacional, na última sexta-feira (02/02).

Serviço
Data: 08 de fevereiro
Local: TRT 10ª Região, Setor de Autarquias Sul – Bloco D (antigo prédio do TST) – Brasília/DF
Informações pelo telefone (61) 3322-2197