Kimberly Clark implanta ferramenta SAP

0
4

Padronizar e integrar os processos de negócios da corporação, respeitando as particularidades desses processos em unidades específicas. Esse foi o grande desafio do projeto mundial da Kimberly Clark de implantação da ferramenta SAP nas unidades do grupo presentes na América Central (exceto México), Australia, América Andina e no Brasil. Considerado benchmarking para a corporação, o Projeto Rumba (Regionally Unified Market Building Accelerators) conta com o envolvimento de profissionais da Sondaimarés para a customização, implantação e manutenção do ERP.
A Kimberly dividiu estrategicamente o projeto em seis subprocessos: CRM (Customer Relationship Management); OTC (Order to Cash); FTS (Forcast to Stock); RTP (Requisition to Payment); ATR (Account to Report) e Change Management. Todo o projeto mundial contou com o acompanhamento da consultoria Bearing Point.
O sistema está em pleno vapor no Brasil desde junho de 2003, mas para concretizar esse objetivo foi necessário o envolvimento contínuo de especialistas de diversas partes do mundo. “A diversidade cultural da equipe foi extraordinária, o que motivou, ainda mais, a integração de todos”, afirma Paulo Roberto Biamino, gerente de informática da Kimberly Clark e Deployment Manager pelo projeto Rumba no Brasil. No total foram mais de 100 pessoas participando ativamente de todas as etapas da versão brasileira do projeto, que se iniciou em 2001 nos Estados Unidos, com a formação das equipes responsáveis por cada subprocesso de implantação do SAP.
Empresa especializada em outsourcing de serviços de Tecnologia da Informação, a Sondaimarés foi a responsável por disponibilizar analistas programadores ABAP e BW (Business Warehouse) para a adequação dos procedimentos de negócios da Kimberly ao modelo brasileiro, ou seja, as especificidades complexas da legislação fiscal brasileira precisaram ser levadas em conta na hora da customização do ERP.