Leilão do Fome Zero arrecada R$ 17 mil

0
10

Como resultados das ações do programa do Ministério do Desenvolvimento Social e Combate à Pobreza (MDS), liderado pelo ministro Patrus Ananias de Sousa, foi realizado nesta segunda-feira (20/12) a entrega dos objetos arrematados no segundo Leilão Beneficente do Fome Zero. Foram arrematados oito objetos e arrecadados R$ 17 mil, que serão destinados à construção de cisternas (placa de concreta para captação de águas da chuva) no semi-árido brasileiro.

O evento do MDS contou com a participação da OnG Ajuda Brasil, do Rio de Janeiro, além de ter o apoio dos serviços de informações da Central de Relacionamento do Fome Zero. “A participação nos leilões do Fome Zero, do projeto do MDS, é uma das formas de ajudar a reduzir a pobreza no País”. A declaração foi feita pelo presidente da Cooperforte, José Valdir Ribeiro Reis, após receber da secretária executiva do MDS, Márcia Lopes, um relógio arrematado no leilão beneficente.

O total do valor arrecadado com oito objetos será destinado ao programa de parceria que o Ministério desenvolve junto a ASA (Articulação do Semi-Árido), um movimento que engloba 800 instituições governamentais e não-governamentais que tem a missão de levar águas às famílias pobres de oito estados nordestinos. “Esse evento tem um caráter especial, porque vincula os recursos arrecadados à política de governo, ao processo de combate à pobreza”, afirmou a secretária da Articulação Institucional e Parcerias do MDS, Maria de Fátima Abreu.