M-Cash chega às lojas do mundo físico

0
5
A M-Cash, empresa que possui plataforma de meios de pagamento por telefone celular, fechou um acordo com o Check Express Group para a captura de transações de pagamento no mundo físico, inicialmente, na função débito. Operando desde novembro do ano passado, exclusivamente em lojas de comercio eletrônico, o M-Cash dá mais um passo importante no plano de se tornar o meio móvel de aceitação abrangente no mercado brasileiro. “Este acordo é estratégico, pois viabiliza a aceitação do produto M-Cash em larga escala no varejo de lojas físicas no Brasil. Com ele, ganharemos capilaridade para cumprirmos nossos objetivos”, declarou Gastão Mattos, presidente da M-Cash.
O Check Express Group, empresa especializada em soluções de crédito e meios de pagamento, conta com uma rede de 39 mil pontos distribuídos por todo Brasil. O acordo assinado com a M-Cash prevê que, além das lojas já clientes do Check Express Group, outras lojas demandadas pela M-Cash poderão ter a captura por meio de sua plataforma, envolvendo desde a instalação de terminal POS ou mesmo, a interligação com o sistema central de vendas da loja, caminho usual para grandes lojas de varejo. “Sempre estamos preocupados em oferecer os melhores serviços aos nossos clientes. Por isso, estamos juntos com a M-Cash nesta parceria”, afirmou José Mário de Paula Ribeiro Junior, presidente do Check Express Group.
A tecnologia do M-Cash pode ser usada por qualquer telefone celular, de todas as marcas, modelos e operadoras. O sistema funciona em telefones pós-pagos e pré-pagos. Uma de suas características mais importantes é o sigilo das informações referentes à compra. O usuário não divulga o número de cartão ou qualquer informação pessoal, só o número do celular.
O HSBC Bank Brasil foi pioneiro na utilização do M-Cash e desde outubro de 2006 o serviço de pagamentos de compras via celular, com débito automático em conta corrente e não cobrado na tarifa telefônica, está disponível aos seus mais de 4 milhões de clientes pessoa física. “Estamos muito satisfeitos com a parceria firmada com o M-Cash, sendo o pagamento por celular uma das estratégias mais importantes do HSBC em 2007. Agora, os clientes HSBC têm um leque maior de opções de estabelecimentos credenciados, o que vem de encontro com a nossa filosofia de sempre oferecer conforto e facilidades para nossos correntistas”, declarou Arno Brandes, executivo sênior de tecnologia bancária do HSBC.
Gastão Mattos estima que, até 2009, 10 emissores brasileiros estarão trabalhando com a plataforma M-Cash de pagamento por celular, com um total estimado de 120 milhões de transações processadas naquele ano. Neste mesmo ano, a empresa espera um volume de 20 milhões de transações e 10 mil estabelecimentos credenciados.