Mais do que vender, participar

0
1



Autor: Fabiano Aparecido Costa

 

É claro que oferecer um produto ou um serviço de qualidade já é meio caminho para aumentar as vendas, mas não é só disso que uma empresa precisa. Ter um excelente atendimento – tanto no pré, no durante e no pós venda – é o diferencial para qualquer companhia permanecer hoje no mercado, no qual a concorrência está, a cada dia, mais acirrada.

 

Qual o segredo para ter uma ótima venda? Cada empresa, cada setor tem um foco, mas as estratégias de como vender são as mesmas. Ou seja, tudo se inicia em um planejamento estratégico.

 

Primeiramente, a organização tem de saber o básico: para quem eu vou vender meu produto/serviço. Isso é essencial para conseguir focar e acertar o alvo. Ter bons vendedores também é essencial, pois eles serão a cara da empresa – se não passarem a ideia da organização, toda a estratégia montada vai por água abaixo.

 

A empresa também precisa decidir outro detalhe: vai primar pela qualidade ou pelo preço? Vai vender menos ou quer atingir a massa? Mesmo escolhendo por ter preços mais acessíveis, precisa ter em mente que não pode oferecer qualquer produto ao mercado. Se isso ocorrer, tenha certeza de que a venda será única.

 

Após estas decisões, é preciso ver onde a empresa estará: local fixo, e-commerce, telefone, site, e-mail, etc. Enfim, para tudo há necessidade de um planejamento estratégico. Porém, os desafios não acabam por aí.

 

Se tudo correr bem, as vendas dos produtos/serviços começarão. Contudo há um pequeno detalhe ao qual nem todas as empresas ficam atentas, principalmente as de serviços: e como fica o atendimento durante e depois da venda? Simplesmente entregamos o serviço e acabou? Nada disso. A atenção que a instituição dará ao cliente fará com que ele seja fidelizado. Tenha certeza disso!

 

Estou falando do pós-venda, que deve ser cada vez mais incorporado no processo de gestão de qualidade. Sua eficácia auxiliará muito no melhor desempenho dos trabalhos, garantindo a devida entrega do que foi negociado. Numa área de serviços como o outsourcing, o trabalho de acompanhamento da operação já não é suficiente, pois está envolvida com o dia a dia do cliente, e o acompanhamento pela equipe comercial que fechou o negócio também não basta. Por isso, agregar mais qualidade e garantias ao cliente é um grande diferencial.

 

Atender bem, do diagnóstico das necessidades do cliente ao pós-venda, é de extrema importância para a sobrevivência de qualquer empresa, em todos os ramos. Não basta vender; tem de participar!

 

Fabiano Aparecido Costa é gerente de gestão de qualidade e contratos da Trevisan Gestão & Consultoria.