Metodologia Meeting Points indica tendências de consumo

0
5

Em que perfil se enquadra o executivo que pela manhã veste terno e gravata e à noite freqüenta um baile funk? Você imagina o tipo de carro que este executivo irá comprar daqui há cinco anos? A metodologia Meeting Points pode prever esse comportamento através da observação. A socióloga italiana Egeria Di Nallo – titular das cátedras de “Teoria e Técnicas das Comunicações de Massa” e “Sociologia dos Consumos” na Universidade de Bologna – desenvolveu a metodologia centrada nas características de consumo e não do consumidor.

Os meeting points são pontos de encontro de comunicações, serviços, produtos e consumidores, que migram de um ponto para o outro, freqüentemente fazendo escolhas diferentes no interior do mesmo meeting point. Essa metodologia revoluciona o atual conceito de pesquisa, pois ao invés de detectar apenas as intenções de consumo do presente, antecipa as inclinações de consumo de médio a longo prazo.

O objetivo do Meeting Points é prever cenários futuros, projetar tendências de mercado, desenvolver novos conceitos de produtos, serviços e comunicação, instrumentalizando a análise e a intervenção racional no mercado. Pode assim, auxiliar empresas a desenvolver produtos e serviços que contenham características que atendam perfis de diferentes consumidores, aproveitando todo o potencial do mercado.

A sede de coordenação dos Observatórios Meeting Point localiza-se em Bolonha, Itália. Os observatórios ativos no mundo atualmente são os das cidades de Londres, Berlim, Tubingen, São Francisco, Tokyo, Nova York e São Paulo.