Microcity implementa duas áreas

0
8



A Microcity – empresa brasileira de outsourcing de infraestrutura de TI de LAN e Desktops – acaba de implementar duas novas áreas com o objetivo de ter um maior controle sobre seus processos internos, aprimorar a produtividade e oferecer um atendimento ainda melhor para o cliente. Desde o mês de janeiro, a empresa passou a contar com um escritório de processos, que foi criado para que os gestores possam ter uma visão mais precisa dos processos que envolvem a prestação de serviço ao cliente, e também com uma área de informação e auditoria, responsável por centralizar e gerar informações que facilitem o processo decisivo, bem como implementar normas de governança corporativa.


De acordo com Felipe Nacif, vice-presidente de operações e finanças da Microcity, a criação das novas áreas é um reflexo do crescimento da empresa, que em 2011 espera um faturamento 20% maior do que o obtido em 2010. “Com o crescimento, percebemos a necessidade de melhorar os controles e processos. As novas áreas impactarão diretamente na gestão da empresa e também nos níveis de serviço oferecidos ao cliente”, afirma.


Sob o comando de Daniela Rezende, o escritório de processos será responsável por implementar a metodologia de business process management (BPM) na Microcity. A área fará o mapeamento e documentação dos processos envolvidos em cada departamento e proporá alterações para que a prestação de serviços da empresa seja cada vez melhor. “O mapeamento dos processos fará com que as diferentes áreas deixem de atuar isoladamente. Com isso, a empresa estará preparada para prestar melhores serviços, ser mais ágil e competitiva”, afirma Daniela.


Já a área de informação & auditoria foi criada com dois objetivos distintos: gerenciar as informações estratégicas que refletem o bom andamento de negócio, e auditar os indicadores para a manutenção dos resultados e da produtividade. “A criação desta área consolida a entrada da Microcity na era da governança corporativa. A auditoria terá a função de apontar erros, mas acima de tudo propor soluções e agregar valor ao negócio”, afirma Paulo de Freitas, responsável pelo departamento.


Para gerar informações confiáveis, a nova área fará uma análise dos dados existentes nos sistemas de gestão utilizados pela empresa, e utilizará o Balanced Scorecard – uma metodologia de medição e gestão de desempenho – que será aplicada para acompanhar as metas traçadas e alcançadas.