Miniso abre exceção no Brasil

0
1
A Miniso chegou ao Brasil em abril de 2017 e, em pouco tempo, percebeu que a aposta no país traria boas oportunidades, consolidando um projeto arrojado de expansão – de 1 a 100 lojas em menos de dois anos. Com uma legislação brasileira bastante complexa e particular, a companhia japonesa de design decidiu por não tropicalizar o software próprio, usado globalmente por todas as unidades. A exceção seria o Brasil e, com isso, o desafio de ocupar esse espaço com tecnologias que atendessem aos princípios de negócios da marca. A escolha foi pelo PDV, hardware e ERP da Totvs.
Os sistemas integrados passaram a ser responsável por oferecer todo o aparato legal do Brasil, incluindo as obrigações fiscais e acessórias, para permitir que a Miniso realize as suas vendas ao consumidor final em total compliance às regras locais. O software também disponibiliza recursos para a gestão de compras, controle de estoque e inclui funcionalidades analíticas para tomadas de decisões estratégicas. “A robustez e performance do PDV na sua capacidade de dar vazão a números tão expressivos, já no primeiro dia de operação, mostrou que fizemos uma escolha acertada”, comenta Danilo Fornari, gerente de TI da Miniso.
Atualmente, os 70 PDVs em operação movimentam cerca de 300 mil produtos por mês – itens que precisam passar pelos caixas de forma rápida e sem erros. Para isso, a solução de ponto de venda da Totvs disponibiliza uma interface pensada totalmente no usuário final, lembrando que o operador não é uma pessoa técnica. No modelo touch screen ou tradicional, com o uso do mouse, o sistema é tão intuitivo que a passagem de conhecimento é feita dentro da própria loja.
“Acreditamos na especialização dos softwares para simplificarmos a gestão e solucionarmos dores ou necessidades particulares de diferentes modelos de negócios. Além disso, como uma plataforma completa para o varejo, estamos um passo além, pensando nas experiências que a tecnologia pode proporcionar, não só ao nosso cliente, mas, também, ao cliente do nosso cliente”, conclui Ronan Maia, vice-presidente de Distribuição e Varejo da Totvs.
NOVA FASE
Já foi iniciada uma segunda fase do projeto tecnológico, que envolve a implementação de um software de gestão robusto, também da Totvs. Nativamente integrado ao PDV, o sistema será responsável por consolidar os dados gerados por todas as lojas em um ambiente único e, a partir dessa base, gerar as informações fiscais e contábeis da empresa. Isso permitirá à Miniso ter uma visão macro dos negócios no Brasil, com controle centralizado de todas as operações. A previsão é que este Go Live ocorra até o final de maio de 2018. A empresa também estuda outras soluções para potencializar a análise de pedidos de produtos e, assim, evitar a ruptura nas vendas.