Mobile payment está chegando

0
9




Um sistema pelo qual o telefone celular pode ser usado para a realização de compras de qualquer lugar, como um cartão de crédito ou de débito funcionando à distância, começará a ser oferecido ainda este ano aos clientes do banco HSBC no Brasil. “Trata-se de uma plataforma de autorização de compras que oferece enormes possibilidades, já que transforma qualquer celular em um meio de pagamento em todo tipo de estabelecimento comercial”, declarou Gastão Mattos, presidente da M-Cash.

Gastão estima que, até 2009, 10 bancos brasileiros estarão trabalhando com a plataforma M-Cash de pagamento por celular, com um total estimado de 120 milhões de transações processadas naquele ano. Para 2007, a empresa já espera um volume de 20 milhões de transações. “O foco inicial de utilização será no comércio eletrônico, mas, num futuro bem próximo, os donos de celulares com acesso ao M-Cash poderão usar os aparelhos para fazer compras e efetuar pagamentos em qualquer estabelecimento do mundo físico. Para isso, será necessário apenas que a pessoa tenha o celular, seja correntista de um banco que faça parte do sistema e que a loja ou outro local para o qual o pagamento é destinado tenha conta em qualquer dos bancos que utilizem a M-Cash”, explica.

Ao usar o sistema, o comprador recebe uma ligação no celular, onde uma voz o orienta sobre a compra, pedindo a digitação, no aparelho, da senha previamente cadastrada junto ao banco onde o usuário tem conta. O banco reconhece a senha e autoriza a transação em tempo real. A senha não fica gravada no telefone (uma vez que o usuário recebe a chamada de confirmação), o que impede que seja conhecida por terceiros, mesmo se o aparelho for roubado ou clonado. “A senha nunca chega a transitar pela internet. Nenhum dado pessoal do cliente, como seu nome, é preenchido por meio da rede”, informa Mattos.

Duas lojas de comércio eletrônico, a Americanas.com, a Sack´s e mais recentemente a MMartan, foram as primeiras a aderir ao sistema e estão oferecendo descontos e promoções especiais no lançamento do M-Cash. A adesão de outras lojas da Internet deverá ser anunciada em breve. O início do uso desta plataforma no comércio do mundo físico está previsto para o início de 2007. E a projeção da M-Cash é de que as empresas responsáveis por 90% do volume de compras na Internet já tenham aderido ao novo meio de pagamento em 2007.

No lançamento, o M-Cash está sendo usado apenas na modalidade débito, mediante desconto da despesa na conta bancária do comprador. Mas a tecnologia permite seu uso também na modalidade crédito ou como um cartão de loja, entre outras formas de pagamento. A afiliação dos estabelecimentos comerciais deve ser feita inicialmente pela M-Cash, mas prevê participação dos bancos parceiros nesta atividade, logo a seguir. A loja precisa ter domicílio bancário num dos bancos que fazem parte do sistema.

“Não existem limitações tecnológicas que atrapalhem o uso do M-Cash por qualquer telefone celular operando no Brasil, pré-pago ou pós-pago”, disse Gastão Mattos. “Mesmo os aparelhos mais simples ou despojados podem ser usados no sistema. Também não há qualquer limitação no que diz respeito às operadoras. O usuário pode efetuar compras por meio de qualquer operadora e não pagará nada a mais por isso. Esta característica reforça o posicionamento do M-Cash como a forma de pagamento mais universal do mercado”.