Mudança dos mercados consumidores

0
14
A Unidade de Negócios da Thomson Reuters publicou sua análise de tendências de proteção de marcas globais em seu terceiro relatório. A publicação acompanha a atividade do setor de marcas comerciais em 186 países, servindo como barômetro das atividades de empresas multinacionais no setor de marcas.  As análises publicadas cobrem as dez principais agências de registro de marcas, a atividade geral por setor de marcas e o volume total de marcas publicadas com base em dados da Thomson Reuters, utilizando a ferramenta Serion de pesquisa e triagem on-line. 
Ao contar marcas separadamente (sem considerar o número de classes em que são registradas), o Reino Unido, Alemanha e Canadá não estão mais na lista dos dez países que mais registram marcas e foram substituídos por Índia, México e Taiwan. Dentre os dez países que mais registraram marcas em 2013, o crescimento anual mais rápido ocorreu no Brasil (53%), Coreia do Sul (23%) e Turquia (18%). A China é o país que mais publica marcas, com 860.000 novas marcas publicados em 2013, seguida pelos EUA, Brasil, Coreia do Sul, Turquia e Japão.