Mudanças na equipe da MicroStrategy Brasil

0
1
Para a MicroStrategy Brasil, empresa de tecnologia de business intelligence (BI), o início do primeiro semestre de 2007 registra uma série de mudanças e ampliação de equipe. Marcos Roberto, que por seis anos esteve à frente da diretoria de serviços, foi nomeado diretor de vendas. Fabrício da Roza Oliveira, recém-contratado, assume a diretoria de serviços, vaga em função da promoção de Marcos Roberto. Juntou-se ainda à companhia, como nova gerente de marketing, Vivian Graf, e foram contratados seis novos profissionais para a área comercial, incluindo duas pessoas que irão fortalecer as equipes das filiais Rio de Janeiro e Brasília. Até o final do ano, a expectativa é que novas contratações sejam feitas.
O novo diretor de vendas da MicroStrategy Brasil, Marcos Roberto, explica que entre as suas responsabilidades no novo cargo está o fortalecimento e expansão da base de clientes no Brasil, potencializando a utilização das ferramentas MicroStrategy e investindo na conquista de novos projetos em companhias que não tiveram até então experiências bem sucedidas em BI. “Até o final de 2007 pretendemos crescer 20% no mercado brasileiro e um dos meus desafios será consolidar a liderança da companhia”, aponta o executivo. Estreitar o relacionamento com parceiros estratégicos, desenvolver alianças regionais e com fornecedores de produtos complementares ao BI, além de replicar no Brasil as parcerias globais, também estão entre os planos para 2007 anunciados pelo novo diretor.
Já Fabrício da Roza Oliveira, formado em processamento de dados e administração de empresas, com especialização em gestão de projetos pela Fundação Getúlio Vargas, é o novo diretor de serviços profissionais e será responsável pela área de consultoria e treinamento da MicroStrategy. Com experiência de 10 anos em empresas de consultoria, como a Execplan, Athur Andersen, Relacional/Value Team, o executivo tem como desafio transformar e desenvolver um perfil mais consultivo para a área, capacitando-a a desenvolver projetos maiores com foco não só em tecnologia mais também em negócios, trazendo resultados que agreguem valor ao cliente.
Entre os seus planos está conduzir um processo de trainee para complementar a equipe, hoje com 17 profissionais, treinar consultores e parceiros nas novas tecnologias desenvolvidas pela MicroStrategy, além de realizar treinamentos estratégicos que complementem o perfil dos consultores da companhia. O novo diretor também planeja desenvolver novas metodologias e produtos de consultoria em áreas em que a MicroStrategy até então não atuava, como CPM, Balanced Scorecard e Governança de BI, e padronizar a forma de trabalho com parceiros.