Mudanças no uso das redes sociais

0
0
O cenário do uso de redes sociais na América Latina evoluiu entre 2011e 2013, alterando o comportamento e a interação dos consumidores com as marcas, como revela um novo estudo em parceria entre aeCMetrics e a eCGlobal, “Redes Sociais LatAm – Contexto e Utilização”. Segundo o relatório, as duas palavras que definem a evolução das redes sociais na região nos últimos três anos são crescimento e mudança. A América Latina apresentou o maior crescimento online do mundo, 12%, e alcançou penetração de quase 50% na região. Além disso, os latino-americanos usam redes sociais durante o dobro de tempo que resto do planeta: 10 horas por mês. Também usam em média cinco redes sociais e possuem grande quantidade de amigos.
Ao mesmo tempo, o foco dos usuários mudou da quantidade para a qualidade. Atualmente importa menos quantas redes sociais são usadas e quantos amigos se têm nelas, dando-se mais valor ao seu uso, em termos de atividades e conteúdos. Além disso, os dispositivos móveis estão alterando este cenário, levando à ascensão de redes como Instagram e Whatsapp, que em 2013 se tornou a segunda rede mais utilizada na América Latina.
“As relações online com o consumidor podem ser ampliadas se as marcas compartilharem suas ideias e experiências que serão usadas nos próximos lançamentos, fazendo com o que o próprio cliente divulgue os serviços e produtos”, ressalta Iván Casas, CEO da eCMetrics.