Netshoes dobra pedidos via dispositivos móveis

0
14
A Netshoes registrou no segundo trimestre o dobro de pedidos feitos via aplicativos e m-sites de suas lojas online. No período, foram cerca de 1,5 milhão de pedidos – 98,7% a mais que os 770 mil feitos no segundo trimestre de 2016. O crescimento segue proporção semelhante se considerado o primeiro semestre do ano, quando a Netshoes registrou 2,7 milhões de pedidos; em 2016, os primeiros seis meses registraram pouco mais da metade deste montante (1,4 milhão).
“Hoje, os dispositivos móveis são uma extensão do corpo das pessoas e isso, naturalmente, é refletido numa mudança de comportamento de consumo. Temos feito uma série de investimentos na área para atender a alta demanda em todas as nossas operações e enriquecer essa experiência”, destaca Gabriela Platinetty, diretora de marketing da Netshoes para a América Latina.
Do total de pedidos feitos em todas as lojas da Netshoes (Netshoes Brasil, Argentina e México, Zattini e shoestock), a fatia representada pelos dispositivos móveis é de 42,9% no segundo trimestre de 2017 e de 41,0% no primeiro semestre, crescimento sobre 2016 de 14,2 pontos percentuais e 13,2 pontos percentuais, respectivamente.
Se consideradas as visitas via plataformas mobile (aplicativos e m-sites), 2017 já é um marco na história da Netshoes. Desde o lançamento da plataforma mobile – com sites responsivos – em 2011, pela primeira vez a empresa registrou a maioria da totalidade de acessos com origem em dispositivos móveis: 60,2% contra 41,7% nos primeiros seis meses de 2016.