No débito ou crédito?

0
1
Segundo os números da pesquisa da Associação Brasileira das Empresas de Cartões de Crédito e Serviços, Abecs, o cartão de débito tem sido uma preferência maior entre os brasileiros.  No primeiro trimestre de 2014, as transações realizadas com débito cresceram 22,3% em relação ao mesmo período do ano anterior, contra 15,2% de aumento nas compras por cartões de crédito. Ao todo, são mais de 100 milhões de unidades que movimentaram R$ 300 bilhões em 2013. 
“O cartão de débito é um hábito do brasileiro que deve se firmar gradativamente no e-commerce. É uma alternativa prática, econômica, imediata e segura, que pode substituir o boleto”, afirma Jerome Pays, da Lyra Network. Segundo o executivo, a conveniência para pagamento com cartão de débito tornou-se mais popular em parte dos estabelecimentos físicos, mas ainda não era aceito no comércio eletrônico. Agora, as lojas virtuais têm a opção desse tipo de pagamento ao utilizarem gateway pagamento PayZen, da Lyra Network, que permite a venda por cartões de débito Visa e Maestro.
Ao oferecer a opção de débito em sua e-commerce, o lojista terá: processo de compensação em tempo real, o que poderá oferecer maior fluência à loja, recebimento à vista em um dia, contra os 30 dias das cobranças por cartão de crédito; custo de adquirência reduzido em relação ao cartão de crédito. Além de que não terá prejuízo em caso de reembolsos. O processo de compra por cartão de débito é similar ao de crédito no preenchimento dos dados. Em seguida, recorre a uma conexão em tempo real com o ambiente de internet banking do banco emissor para conferir o limite e registrar a senha do cartão. 
“Nossa expectativa é conquistar mais clientes de e-commerce e penetrar no segmento de cobranças recorrentes, como o pagamento de universidades, condomínios e outras mensalidades, atualmente pagas por boleto”, completa Pays.