Nova metodologia para não ter desperdício

0
1
Quando uma empresa possui uma ou mais tecnologias que já não possuem mais a mesma performance ou não conseguem mais atender a demanda de mercado, elas, usualmente, investem em novas alternativas. Assim, visando que as organizações não realizem investimentos desnecessários, a Nap IT passou a atuar dentro de uma nova metodologia, o tuning de rede, que customiza as tecnologias das empresas para entregar rede de alto desempenho, com a melhor relação custo-benefício. “A Nap IT busca sempre aproveitar as tecnologias em uso, aplicando o tuning de rede pelas configurações e adequações customizadas. Esse é o nosso diferencial. Orientamos nossos clientes para fazerem novos investimentos em tecnologia somente quando o projeto realmente exige”, conta o diretor das áreas de suporte e projetos, Rodrigo Alabarce. “Nosso time de especialistas atua nas regras do negócio, com o tuning de rede, com o objetivo de entregar projetos customizados, que atendem às especificações dos clientes.”
Além disso, a empresa também conta com novo executivo, como gestor de portfólio de projetos e consultor de negócios em TI, Guilherme Garibotti. O objetivo da empresa é que Garibotti ajude-a na consolidação nas diferentes frentes, bem como nas novas linhas de serviços, como venda de equipamentos, monitoração e treinamentos. O executivo assume as funções de gestão do portfólio de projetos e novas linhas de serviço, consultoria de infraestrutura e negócios em TI, além de exercer funções de gerenciamento da governança corporativa, gestão de relacionamento com cliente, gestão de contratos e níveis de serviço. “Sinto-me honrado, muito motivado e preparado para assumir o desafio proposto pela Nap IT, pois sempre acompanhei a empresa, na qual vejo a combinação perfeita entre estratégia corporativa ética e humana com os objetivos profissionais e pessoais”, enfatiza Garibotti.
Guilherme Garibotti é graduado em Análise de Sistemas na PUC-RS e possui MBA em Gestão Estratégica de Pessoas, com ênfase em coaching. Ele já passou por empresas como Brasil Telecom, NBC Bank, Claro, Yazigi International e Hewlett-Packard.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorNo débito ou crédito?
Próximo artigoÉ melhor prevenir