O cliente quer benefícios

0
1
O comércio eletrônico brasileiro está crescendo aceleradamente, mas ainda conta com alguns desafios, se comparado ao mercado internacional. Muitos clientes fazem compra em lojas virtuais do exterior devido aos valores e variedades de produtos. Dentro disso, o e-commerce nacional precisa aprimorar o negócio para poder conquistar os clientes. “Acredito que o diferencial seria realizar boas promoções como descontos reais em produtos, frete ou oferecer serviços e cortesias com o objetivo de fidelizar o cliente”, sugere Pedro Eugenio, CEO do Busca Descontos. 
O diferencial das lojas estrangeiras, além do preço e variedade de produtos, é a usabilidade, como a compra na plataforma mobile, dando comodidade ao consumidor, segundo o executivo. “Em contrapartida, muitos brasileiros deixam de lado a variedade e preço por causa da entrega e forma de pagamento. Hoje as maiores lojas oferecerem o frete grátis e rápido dependendo da região além de oferecer parcelamento e a possibilidade de pagar por diferentes meios de pagamento”, ressalta Pedro Eugenio.
O principal ponto a ser melhorado no e-commerce brasileiro com relação ao estrangeiro, segundo o CEO, é o entendimento de compra e perfil do usuário para ser mais assertivo. “As lojas devem utilizar tecnologias capazes de direcionar os produtos desejados pelo usuário de acordo com o seu perfil. A experiência de compra precisa ser melhorada, principalmente quanto ao processo de entrega do produto”, conclui Pedro Eugenio.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorÉ preciso ampliar diálogo
Próximo artigoGartner coloca Avaya no topo