O consenso da crise

0
3



Autor: Waldir Arevolo

 

O mercado de Tecnologia da Informação apresentou significativa inovação nos últimos anos. E para esse ano, esperamos que essas tecnologias ganhem maturidade para auxiliar as empresas nos negócios, sobretudo no que se diz respeito à redução de custos.

 

Ao contrário do bom momento do setor em 2008, a atual crise financeira reduziu os investimentos e exigiu uma postura mais ativa de TI frente aos negócios. O desenvolvimento e rápida adoção de serviços como SaaS, SOA, Virtualização e de tecnologias tais como BI, BPM e CRM foram essenciais para o andamento do setor, mas agora o CIO, pressionado pelas solicitações de resultado imediato, deve se concentrar na gestão racionalizada de processos. Nesse momento, é importante saber não só que tecnologias adotar, mas também a melhor maneira de utilizá-las no dia a dia.

 

A ordem é fazer mais com os recursos já existentes na empresa para alcançar resultados com o trabalho. É recomendável também utilizar ferramentas que já estejam bem disseminadas no mercado consumidor. Um bom exemplo é a Web 2.0, que muitas empresas ainda não adotaram. Trata-se de um mecanismo comum que pode ser aliado para alavancar os negócios e manter a sinergia com os clientes. Uma rede social utilizada de maneira eficiente e criativa pode trazer resultados surpreendentes ao business.

 

Em 2009 é ainda mais crítico cometer erros. Cada ação deverá ser revertida em números e, para isso, será necessária uma visão analítica para TI, integração entre as áreas de relacionamento e negócios. Fazer tudo isso com pouquíssimo dinheiro não será fácil. Incorporar no trabalho as tecnologias já desenvolvidas pela empresa e acelerar os ciclos de testes e de desenvolvimento através de simulações são algumas dicas, assim como identificar falhas, mapear problemas, antecipar possíveis causas/conseqüências, principalmente no que diz respeito ao resultado final com o cliente.

 

Outro ponto a ser ressaltado é o fato de não ser necessário implantar todas as novas tecnologias, embora seja preciso inseri-las aos processos da empresa alinhando-as a todas as funcionalidades dos negócios. É preciso organizar os processos, a empresa poderá encontrar uma forma de aproveitar esse momento. Busque evolução dos seus negócios dentro da própria transformação do mercado.

 

Waldir Arevolo é consultor sênior da TGT Consult.