O consumidor na terceira idade

0
1
Muita vitalidade, tempo e dinheiro para gastar são características do atual perfil do consumidor idoso, um mercado formado por 22,3 milhões de brasileiros acima de 65 anos, conforme a Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios, Pnad. Os dados ainda revelam que sete em cada dez aposentados têm renda garantida pela Previdência Social, representando volume mensal de R$28,5 bilhões. Trata-se de montante suficiente para estimular diversas empresas a readaptarem seus negócios para apostarem nesse público crescente. 
Os idosos estão cada vez mais informados, com autonomia para despesas e querendo fazer valer seus direitos, segundo avalia Marcone Procópio, publicitário e presidente da Reciclo Comunicação. “É um público que tem mais liberdade para gastar seu dinheiro e aproveitar melhor essa fase da vida. Não são mais caseiros como antes e procuram a interação social como uma importante fonte de rejuvenescimento. Estão com aparência mais jovem, cuidam do corpo, da pele e cada vez mais, andam na moda. O atendimento a esse público requer preocupação com acessibilidade e legibilidade, oferecendo uma informação mais coerente de fácil assimilação. É preciso pensar em cores, imagens mais objetivas e claras, assim como aumentar o corpo do texto nas peças publicitárias. Deve-se considerar ainda a dificuldade de locomoção, a dispersão e as dificuldades visuais decorrentes da idade”, observa. 
A Corretora de Seguros do Banco Mercantil do Brasil tem esse público como foco e mantém dois seguros personalizados: “Proteção Melhor Idade” (seguro de vida com preço acessível, a partir R$ 4,95 ao mês, com coberturas diferenciadas para os idosos, como fraturas de ossos, queimaduras, acidentes pessoais por acidente de trânsito e em transporte coletivo, cesta básica e serviços de assistência funeral) e o “Residência Melhor Idade” para proteger o domicílio com coberturas contra incêndio, queda de raio e explosão de qualquer causa, danos elétricos e roubo de bens, além de serviços de assistência 24 horas, destacando envio de chaveiro, hidráulico, eletricista, vidraceiro, serviço de faxineira e outros.
 “Ao desenvolver esses produtos, consideramos os aposentados e pensionistas, nossos clientes e que recebem benefício do INSS no próprio Mercantil do Brasil. Era necessário um seguro de fácil contratação, com serviços agregados bem destinados a este público e baixo custo. A contratação é maior entre as pessoas que moram sozinhas, mas observamos também essa preocupação com a segurança e a saúde do idoso, partindo da própria família com quem vive”, avalia o diretor-executivo da Mercantil do Brasil Corretora de Seguros, Ubirajara Cavalcanti. 
A empresa Ledcorp, especializada em mobilidade e inteligência corporativa, observando o crescimento significativo do mercado desenvolveu a plataforma Home Care, tecnologia exclusiva para atender a consumidores idosos. O produto é comercializado para as empresas operadoras de serviços na área da saúde, garantindo ao idoso um dispositivo, similar a um aparelho celular, com uma plataforma instalada. Quando acionado, o aparelho envia o aviso que o idoso está se sentindo mal e a localização para a central de atendimento. “Ao receber a informação em tempo real, a empresa de saúde abre, imediatamente, um canal de comunicação com o cliente para averiguar o que está acontecendo, propiciando uma redução no prazo de atendimento, caso necessário. O maior benefício é amparar as pessoas que moram sozinhas e têm dificuldades em pedir ajuda”, explica o diretor de tecnologia da empresa Ledcorp, José Lúcio Balbi de Mello.