O desafio é a consistência

0
0
Um dos maiores desafios nos dias de hoje para as empresas é conseguir atrair e reter talentos para suas companhias. “Tomar conta das pessoas é o nosso mandamento máximo. E tomar conta, às vezes, significa até ensinar a ler um contra-cheque”, disse Norman Baines, CEO da Starbucks Brasil, um dos palestrantes do 1º Fórum ISE Business School: Gestão de Negócios e Pessoas – O Desafio da Consistência. Baines ainda lembrou que, pelo menos 60% do pessoal de loja estão em seu primeiro emprego. “Jovens se motivam aprendendo e, uma forma de atrair, motivar e reter esse público é escutar, envolver e desenvolver”.
Do mundo do café para o da alta tecnologia, os desafios na gestão de pessoas têm as suas similaridades. “A construção de um bom ambiente de trabalho é imperioso para reter talentos”, completou o vice-presidente de gestão de pessoas da Embraer, Maurício Aveiro, que também esteve no Fórum. De acordo com o executivo, quando implantou seu programa de Excelência Emprasarial, em 2007, 62,1% dos empregados considerava positivo trabalhar na Embraer. Hoje este índice é de 86%. 
Realizado pelo ISE Business School, o evento aconteceu no dia 18 de setembro e reuniu cerca de 90 executivos. Além de Norman Baines e Maurício Aveiro, participaram dos debates os professores Jorge Mitsuru, do departamento de Gestão de Pessoas, e Fernando Bagnoli, do departamento de Direção Geral do ISE Business School.