O que não evoluiu?

0
11
Ainda somos os mesmos? Assim como na canção, essa pergunta sempre cabe ser feita. Afinal, as vezes pensamos que mudamos, mas continuamos os mesmos. Ou, acreditamos que continuamos iguais, quando na verdade não guardamos nada do passado. Olhando para o mercado, isso também é fundamental. Por isso, porque não olhar para 10 anos atrás. Em um exercício de reflexão, os portais ClienteSA e Callcenter.inf.br selecionaram artigos de 2008 que revelam a visão dos profissionais em relação ao mercado, indicando que alguns desafios permanecem iguais, apesar das profundas transformações.
Claro que muita coisa mudou no mercado de relacionamento com clientes nos últimos 10 anos, principalmente pelo avanço tecnológico. Inclusive, é possível ver que muitas previsões se concretizaram. Em muitos aspectos a atividade evoluiu. Porém, também é possível ver que muitas questões permanecem. Há muitos desafios da época que ainda não foram superados. Diante desse quadro, propomos a leitura dos artigos para relembrar 2008 e ver como a atividade era vista naquele momento, bem como entender por quais caminho a atividade seguiu e, assim, pensar melhor para onde deve ir nos próximos 10 anos.
Confira o que diziam os profissionais em 2018:
O mercado impõe transformações e escolhe aqueles que se adaptarem melhor
Prática inclui modificação de processos operacionais e não só redução de custos
Interação e ações individualizadas são o caminho para o fortalecimento da marca
Iniciativa do governo de regulamentar setor precisa ser amplamente discutida
Uma estratégia de CRM precisa ter operação, análise e mudança organizacional
É necessário que seja entendido o papel do contratado e do contratante
A deixa que o mercado de mobile marketing precisava para brilhar
Empresas deverão investir em novas tecnologias para obterem benefícios
Celular cada vez mais vai possibilitar um número maior de usuários na Internet
Leia outros artigos de 10 anos atrás:
Mesmo o desconhecido que é estimulante guarda armadilhas perigosas
Crescimento dos negócios on-line está longe de estagnar
Bom atendimento e preparo dos colaboradores são fundamentais na fidelização
Após 17 anos de CDC, quem dita as regras do jogo é o consumidor
Controlar desejo de consumo e mudar alguns hábitos perante crise, pode trazer aprendizado
As novas mídias no cenário da comunicação e do marketing
Soluções de mobile banking chegam para revolucionar o setor financeiro
Chegou o momento do País abraçar o papel de protagonista dessa história
Até que ponto essa mídia é invasiva e antiética? É possível usar isso a nosso favor?