O som do lucro

0
5



Autor: Vinicius Bandechi Lorusso

 

Não é de hoje que marqueteiros e publicitários usam a música como ferramenta para favorecer a lembrança da marca pelo consumidor.  A novidade é que agora, graças às tecnologias de transmissão remota de dados, é o ponto de venda que faz uso estratégico da música – tanto para branding, como para divulgar promoções e fomentar vendas.

 

A função de uma programação musical dentro de uma loja é fazer com que os clientes se sintam à vontade, e com isso consumam mais. As mensagens sonoras são  planejadas com um conjunto de ações sensoriais, como o visual da loja e até aromas no ar. A estratégia torna o ambiente agradável e pode até controlar o movimento do consumidor de acordo com as necessidades: se a loja está muito cheia, podem entrar em contato com a rádio corporativa para colocar, em tempo real, músicas mais agitadas, de tal forma que as pessoas acabam intuitivamente realizando as compras mais rapidamente e ficando menos tempo na loja.

 

Mas a tecnologia faz com que a rádio corporativa vá além das músicas: hoje é possível produzir em um mesmo dia e transmitir em tempo real peças sonoras como jingles, spots e vinhetas contendo promoções, lançamentos, campanhas e informações.  Desta forma, o cliente pode ser informado sobre os diferenciais da nova coleção enquanto olha os produtos em exposição, por exemplo.  Ou sobre a promoção que acaba de ser lançada.  Em suma, a rádio corporativa funciona como uma versão moderna e atraente dos velhos locutores de porta de loja.

 

Graças a um controle centralizado, ficou possível assegurar que o consumidor terá a mesma experiência musical de marca, independente da loja que visite.  Nenhuma marca precisa mais depender da memória do gerente da loja para colocar sua trilha musical no ar. Essa possibilidade de gestão à distância está atraindo várias redes e franquias, como Arezzo, Colcci e Casa das Calcinhas, por exemplo.

 

As rádios corporativas também permitem a realização de campanhas motivacionais e treinamentos no horário em que a equipe já chegou à loja, mas ainda não abriu as portas ao público. Por estes motivos, a rádio corporativa consolida-se como uma das mídias de maior potencial para o varejo brasileiro.

 

Vinicius Bandechi Lorusso é sócio e responsável pelo conteúdo das programações da DMC Media Manager.