Ofner reformula site

0
1



Segundo pesquisas divulgadas pelo E-bit, 2008 foi um ano positivo para as vendas pela Internet, e em 2009 a tendência é crescer mais ainda. O faturamento nominal do setor de comércio online atingiu R$ 8,2 bilhões em 2008, o que representa um avanço de 30% em relação ao ano anterior. Expectativas preliminares divulgadas em meados de janeiro pela E-bit dizem que o crescimento do e-commerce deverá ser de 20% a 25%. E foi pensando nisso que a Ofner além de reformular todo o site, investiu em ferramentas para atender os clientes virtuais.

 

Não existe um valor mínimo de compra na loja virtual da Ofner, qualquer produto pode ser adquirido pelo site. Ao término da compra, o cliente preenche um formulário para se cadastrar. A forma de pagamento também fica por conta do cliente: no momento da entrega (em dinheiro, cheque, tickets e cartões de crédito e débito) ou via depósito bancário. Compras acima de R$ 150,00 podem ser divididas em até três vezes no cartão de crédito, sem juros.

 

Desenvolvido pela agência RS Design, o site traz informaçõessobre todos os produtos, assim como histórico da marca, notícias, curiosidades e destaque das lojas. O crescimento das visitas ao site da Ofner é notório, em novembro de 2008, o portal contou com 20 mil acessos. Em dezembro, 38 mil, quase o dobro do mês anterior.

 

A importância de um site atualizado vai além da compra para Laury Roman, diretor comercial da confeitaria. “No site disponibilizamos todos os produtos que a marca oferece. Lá, além de conhecer melhor o que temos, o cliente pode pesquisar e saber o preço, tamanho e as propriedades nutritivas de cada um deles. Se a compra não for efetivada naquele momento, a navegação pela internet vai servir de inspiração para uma visita em qualquer uma de nossas 17 lojas”, garante.