Okto planeja dobrar tráfego de SMS em 2007

0
5


Empresa de serviços de valor agregado e aplicativos de interatividade baseados em tecnologias móveis, a Okto inicia o ano apostando num crescimento de 100% do tráfego de mensagens curtas no celular (SMS). O objetivo da empresa é gerar 500 milhões de SMS tarifadas, o dobro do fluxo movimentado em 2006. “As soluções de mobilidade têm conquistado o mercado de mídia e corporativo e cada vez mais os usuários de telefonia celular estão aprendendo a usar o SMS”, explicou a CEO da Okto, Ann Williams.

Com o crescimento de 20% no mercado brasileiro de mensagens curtas, de 7 para 8.4 bilhões de SMS trafegados, as operadoras de telefonia móvel aumentaram a receita com o tráfego de mensagens P2P (person to person, ou seja, de um usuário para outro) e os fornecedores de aplicações A2P (application to person) ganharam espaço no mercado com a gestão de plataformas de SMS para que empresas e grupos de mídias utilizam esses serviços como um canal de comunicação com seus clientes.

O segmento A2P foi responsável por 10% do volume de SMS no país – cerca de 840 milhões de mensagens. Hoje em dia, as principais empresas e emissoras de TV já utilizam plataformas de mensagens curtas para interação com diferentes públicos, deixando a gestão destes serviços para integradores de tecnologia móvel.

“A participação da Okto no mercado nacional de SMS ajudou a alavancar o crescimento do setor. Hoje nossas aplicações respondem por mais de 30% do segmento A2P e 4,8% do total de mensagens trafegadas no Brasil, o que é um número muito animador”, comentou Ann. Em 2006, a Okto foi responsável pelo tráfego de 400 milhões de SMS, sendo 250 milhões tarifadas. Este número representou um crescimento de cerca de 250%, em relação ao número de mensagens trafegadas pela Okto em 2005 e posiciona a empresa como uma das líderes do segmento nacional de tecnologias móveis.

Em 2007, a Okto pretende manter o ritmo de crescimento dos últimos três anos, período em que o faturamento da organização cresceu 200% a cada ano. O número de colaboradores também tem acompanhado esse movimento, passando de 25 para 65 funcionários em 2006. A continuação do processo de crescimento virá dos serviços de entrega de conteúdo, como ringtones, games, wallpapers e vídeos, uma nova área de alta prioridade para a Okto, além daquelas em que a empresa já atua. A Okto já esta alavancando seu papel como integrador de marcas de terceiras para lançar no mercado brasileiro os serviços de portais de conteúdo de grande porte, os quais prometem investimentos expressivos em publicidade.